1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Japão e Croácia ficam no zero e ajudam rivais

Time dirigido pelo treinador brasileiro Zico joga mal para conquistar seu primeiro ponto na Copa. Croatas, na mesma situação, aguardam a última rodada do grupo F sonhando com vaga.

default

Kawaguchi defendeu pênalti e salvou Japão de derrota

Japão e Croácia fizeram um duelo de baixo nível técnico na tarde deste domingo (18/6), em Nurembergue, e registraram um empate sem gols, que ajuda o Brasil e a Austrália na definição do grupo F.

Asiáticos e europeus, com um ponto conquistado até agora na Copa, seguem com chances remotas de classificação às oitavas-de-final. Os australianos, mesmo com a derrota diante do Brasil, dependem de apenas um empate com a Croácia para chegar à segunda fase.

Uma vitória brasileira leva o país às oitavas, já que poderia ser alcançado na última rodada apenas pela própria Austrália.

Em Nurembergue, o time comandado pelo brasileiro Zico decepcionou mais uma vez. Nakata e Nakamura, os dois craques do meio-de-campo japonês, não criaram jogadas ofensivas e deixaram a desejar.

Por sorte, o Japão não saiu de campo eliminado da Copa do Mundo. Aos 22 minutos do primeiro tempo, Kawaguchi saltou no canto esquerdo de sua meta para defender um pênalti bem batido por Srna.

A partida foi equilibrada ao longo de todos os 90 minutos, com jogadas concentradas no meio-de-campo e com poucas chances de gols. Quem mais criou foi a Croácia, que a exemplo do que já ocorreu em sua estréia contra o Brasil, encontrou muitas dificuldades para concluir em gol.

JAPÃO 0 x 0 CROÁCIA

Japão
Kawaguchi; Akira Kaji, Miyamoto, Nakazawa e Alex; Mitsuo Ogasawara, Nakata, Fukunishi (Inamoto) e Nakamura; Takahara (Oguro) e Yanagisawa (Tamada)
Técnico : Zico

Croácia
Pletikosa; Simic, Robert Kovac e Simunic; Srna (Bosnjak), Tudor (Olic), Niko Kovac, Babic e Kranjcar (Modric); Klasnic e Prso
Técnico : Zlatko Kranjcar

Data : 18/6/2006 (Domingo)
Local : Franken-Stadion, em Nurembergue
Árbitro : Frank de Bleeckere (Bélgica)
Auxiliares : Peter Hermans e Walter Vromans (ambos belgas)
Cartões amarelos : Myiamoto, Kawaguchi, Alex (J); R. Kovac, Srna (C)

Leia mais