1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Italiano condenado por turismo sexual

Um italiano foi condenado a 12 anos de prisão por explorar crianças sexualmente no exterior. Este tipo de decisão é inédita no país.

Pela primeira vez, um tribunal italiano condenou um cidadão por ter explorado sexualmente garotas menores de idade no exterior. O juiz de Roma impôs uma pena de 12 anos de prisão ao réu de 49 anos de idade, segundo noticiou nesta sexta-feira (1º) o jornal La Repubblica.

O condenado se defendeu durante o processo com o argumento de que as meninas, das quais abusou sexualmente durante suas viagens à América do Sul e Tailândia, teriam concordado com os atos.

O italiano foi indiciado após a polícia ter encontrado mais de 300 fitas de vídeo gravadas por ele com imagens de suas vítimas. A descoberta aconteceu durante uma batida policial em busca de drogas na casa do réu em maio de 1999.

De acordo com o juiz romano, pelo menos seis meninas presentes no vídeo tinham entre dez e 14 anos de idade. O tribunal acredita que o criminoso chegou até elas após um acordo financeiro feito com os pais das crianças. Ele ainda esmurrava as garotas e apagava cigarros em seus corpos.

O criminoso está atualmente foragido da Justiça. Há um ano, ele aguardava o julgamento em prisão domiciliar.