1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Itália convoca dois brasileiros na pré-lista para a Copa

Treinador Cesare Prandelli inclui Thiago Motta e o desconhecido Rômulo na lista provisória para a Copa. Maiores ausências são Alberto Gilardino e Emanuele Giaccherini.

default

O brasileiro Thiago Motta é pré-convocado para defender a seleção italiana

Thiago Motta e Rômulo: dois jogadores nascidos no Brasil aparecem na pré-lista com 30 convocados pelo treinador da seleção italiana, Cesare Prandelli. Enquanto o primeiro é constantemente convocado para defender a Squadra Azzurra, com 21 jogos e um gol marcado, o segundo é praticamente um desconhecido no mundo do futebol e tem a primeira oportunidade na carreira de defender uma seleção nacional.

Desde 2011 no futebol italiano, Rômulo passou a maior parte de sua carreira atuando em clubes de menor expressão no Brasil ou sentado no banco de reservas. O volante, que também já atuou como lateral-direito, teve um rápido destaque nacional na campanha do Santo André no Campeonato Brasileiro de 2009 e com o vice-campeonato do Paulistão de 2010. Comprado pela Fiorentina em 2011, Rômulo está emprestado ao Hellas Verona, clube sensação dessa temporada no futebol italiano.

"No Verona, fiz 80% dos jogos como meio-campista, saindo para o jogo, mas também joguei na ala direita e de atacante, bem aberto. O Prandelli falou disso comigo, disse que gosta de eu fazer várias funções e no futebol moderno isso é muito importante. Um dos motivos da minha convocação foi justamente esse", explicou Rômulo.

Outra curiosidade da convocação de Prandelli é que apenas três jogadores atuam fora da Itália e todos eles no Paris Saint-Germain, da França. São eles o goleiro reserva Sirigu e os meias Marco Verratti e o próprio Thiago Motta.

Rômulo - Hellas Verona

Rômulo, ex-Santo André e com bela temporada pelo Hellas Verona, está na pré-lista da Itália

As grandes ausências na lista são o atacante Alberto Gilardino, campeão mundial com a Azzurra em 2006 e que chegou a ser parabenizado, antecipadamente, por seu clube Genoa pela convocação, e o meia Emanuele Giaccherini, ex-Juventus, mas que decepcionou nesta temporada no Sunderland, da Inglaterra.

O comandante da seleção tetracampeã do mundo tem até o dia 2 de junho para enviar a relação final com os 23 nomes que disputarão a Copa. Vale ressaltar que na lista abaixo estão 31 nomes, mas o quarto goleiro, Antonio Mirante, consta só para o caso de alguma eventualidade com os três primeiros.

Antes da estreia na Copa, a Itália fará dois amistosos. No dia 30 de maio, contra a Irlanda, em Londres, e no dia 4 de junho contra a seleção de Luxemburgo.

A Itália está no Grupo D, o "Grupo da Morte", vai se preparar para o torneio em Magaratiba (RJ) e estreia na Copa contra a Inglaterra no dia 14 de junho, em Manaus. Em seguida, a Azzurra vai a Recife enfrentar a Costa Rica, no dia 20 de junho, antes de fechar sua participação na primeira fase contra o Uruguai, em 24 de junho, em Natal.

Os convocados da Itália:

Goleiros:

Gianluigi Buffon (Juventus)
Mattia Perin (Genoa),
Salvatore Sirigu (Paris Saint Germain/FRA)
Antonio Mirante (Parma)

Defensores:

Ignazio Abate (Milan)
Andrea Barzagli (Juventus)
Leonardo Bonucci (Juventus)
Giorgio Chiellini (Juventus)
Matteo Darmian (Torino)
Mattia De Sciglio (Milan)
Christian Maggio (Napoli)
Gabriel Paletta (Parma)
Manuel Pasqual (Fiorentina)
Andrea Ranocchia (Internazionale)

Meias:

Alberto Aquilani (Fiorentina)
Antonio Candreva (Lazio)
Daniele De Rossi (Roma)
Claudio Marchisio (Juventus)
Riccardo Montolivo (Milan)
Thiago Motta (Paris Saint Germain/FRA)
Marco Parolo (Parma)
Andrea Pirlo (Juventus)
Rômulo (Hellas Verona)
Marco Verratti (Paris Saint Germain/FRA)

Atacantes:

Mario Balotelli (Milan)
Antonio Cassano (Parma)
Alessio Cerci (Torino)
Mattia Destro (Roma)
Ciro Immobile (Torino)
Lorenzo Insigne (Napoli)
Giuseppe Rossi (Fiorentina)

Leia mais