Isolada pelo gelo, ilha alemã de Hiddensee depende de abastecimento aéreo | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 03.02.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Isolada pelo gelo, ilha alemã de Hiddensee depende de abastecimento aéreo

A forte neve e o gelo deixaram isolada a ilha turística alemã de Hiddensee. Na impossibilidade de usar transportes marítimos, moradores e turistas dependem de suprimentos trazidos por helicópteros.

default

Abastecimento foi garantido até o fim de semana

Depois de uma semana isolada pelo gelo, a ilha alemã de Hiddensee, no Mar Báltico, teve de ser abastecida com a ajuda das Forças Armadas alemãs nesta quarta-feira (03/02). Dois helicópteros da Marinha alemã levaram sete toneladas de alimentos, medicamentos e correspondências à ilha, bem como transportaram os últimos 112 turistas e seis cachorros à ilha próxima de Rügen.

Um outro helicóptero de uma empresa particular está à disposição dos cerca de 1.050 moradores da ilha, a fim de garantir seu transporte ao continente caso precisem ir ao médico ou sair de férias. A única balsa da ilha capaz de quebrar o gelo foi danificada.

Alguns turistas chegaram a deixar a ilha arriscando a travessia a pé sobre o gelo até a ilha de Rügen, apesar das advertências das autoridades.

Flash-Galerie Woche 5

Helicóptero da Marinha alemã trazendo turistas de Hiddensse aterrisa em Rügen

Segundo o prefeito de Hiddensee, Manfred Gau, não havia mais pão, leite, legumes e outros alimentos frescos desde segunda-feira, e também certos medicamentos haviam se tornado escassos. Os habitantes da ilha estavam vivendo de conservas e alimentos congelados. Após a operação militar, o abastecimento está agora garantido até o final de semana.

Na segunda-feira, suprimentos deveriam ter chegado à ilha por meio do navio quebra-gelo Ranzow. Porém, a tentativa foi frustrada e o navio não conseguiu avançar devido à espessura do gelo. O Arkona, segundo maior navio quebra-gelo alemão, também não pôde ser utilizado por ser profundo demais para navegar nas águas rasas da região.

Ainda na quarta-feira, a quantidade de neve registrada na ilha foi de 45 centímetros, batendo o recorde de 38 centímetros de dezembro de 2001.

DD/apn/dpa/afp
Revisão: Rodrigo Rimon

Leia mais