1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Isolée: o gênio do sintetizador

Candidato a superstar acusa emissora de manipular telespectadores – Fundador do lendário Star Club de Hamburgo conta tudo em autobiografia – DJ alemão encontrado morto – Isolée comprova genialidade em novo disco

default

Esfrega que ele sai...

Aberta temporada de caça ao superstar

O ano de 2006 mal começou e telespectadores da Alemanha inteira já estão sendo novamente bombardeados com a terceira série do programa de auditório Deutschland sucht den Superstar, no qual empolgados votam via telefone em seus candidatos prediletos a superstar.

Como de costume, jovens cantores se submetem aos ânimos de um júri arrogante e insolente, comandado pela ofuscada estrela Dieter Bohlen, da banda Modern Talking – um resquício dos anos 80 que os alemães resistem em esquecer. Todos? Não! Um corajoso participante se recusou a baixar a cabeça e acusou a direção do canal RTL de manipular a decisão do público através de truques de câmera.

Dieter Bohlen damals und heute - Collage

Dieter Bohlen, versões oitenta e noventa (d)

Além disso, Nevio Passaro, de 26 anos, acusa os jurados de elogiar candidatos que teriam cantado tecnicamente mal, enquanto a direção teria dado uma mãozinha a certos participantes de voz fraca, alterando o volume dos microfones. Passaro dá exemplos: enquanto o apresentador incitava "Ligue agora, duas candidatas terão de deixar o programa ainda hoje", a direção exibia imagens de suas indesejadas. O canal nega as acusações.

Dos bastidores da história

Todo mundo já sabe tudo sobre os Beatles, ou pelo menos acha que sabe, certo? Horst Fascher acredita saber um pouco mais. Às vésperas de completar seus 70 anos de idade, o fundador do lendário Star Club de Hamburgo – na época, campeão alemão de box na categoria peso-pena, uma das muitas profissões que teve – reuniu em sua autobiografia as lembranças dos bons tempos da casa.

Horst Fascher, Let the good times roll - Buchcover

Capa da biografia de Horst Fascher

Após sua inauguração em 13 de abril de 1962, o Star Club recebeu estrelas internacionais como Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Little Richard e Ray Charles, além dos quatro rapazes de Liverpool, na época tão iniciantes quanto desconhecidos. Em Let the good times roll!, o autor promete contar detalhes dos bastidores da casa e de seus nobres visitantes sem enrolar a língua. E antecipa que os Beatles eram tudo, menos comportados.

Dance music de luto

A dance music alemã perdeu o que era considerado um de seus grandes nomes, ao lado de Sven Väth e Westbam. Na manhã de 11 de janeiro, o DJ e produtor alemão Markus Löffel, conhecido como Mark Spoon e figura carimbada para fãs da Love Parade, foi encontrado morto em seu apartamento em Berlim. A causa de sua morte permanece incerta até agora, embora acredite-se que ele tenha sofrido um infarto.

DJ Mark Spoon - Markus Löffel - zum Nachruf

O falecido DJ Mark Spoon

Nos anos 90, Spoon esteve envolvido em projetos que alcançaram sucesso internacional, como o Snap! ( The Power, Ooops Up!). Também foi ele quem descobriu e lançou o músico Dr. Alban ( Sing Hallelujah!). Ele próprio tornou-se famoso ao lado do colega Rolf Ellmer, conhecido pelo codinome Jam El Mar, com quem criou o duo Jam & Spoon.

Leia na próxima página sobre o novo álbum de Isolée.

Leia mais

Links externos