1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irritado e cansado, Leverkusen sofre goleada da Juventus

Líder do Campeonato Alemão não ofereceu resistência à equipe italiana. Resultado ainda depende de julgamento de protesto dos clubes contra a realização do jogo. Só 6 mil torcedores foram ao estádio.

default

Jogadores da Juventus comemoram após o gol de Del Piero

O Bayer Leverkusen sofreu, na tarde desta quinta-feira, sua maior derrota na Liga dos Campeões desde 1997 e na atual temporada. A irritação com a Uefa e a noite maldormida abateram a equipe, que não ofereceu resistência à Juventus no estádio Delle Alpi, em Turim. A goleada de 4 a 0 pôs o time alemão na lanterna do Grupo D da segunda fase da Liga dos Campeões.

Trezeguet, Del Piero e Tudor garantiram, já no primeiro tempo, gols suficientes para selar a vitória italiana. Trezeguet ampliou o placar na etapa complementar e assim isolou-se na artilharia da competição, com oito gols, à frente de Élber, do Bayern de Munique. A goleada ainda poderia ter sido maior, mas a Juve deu-se por saciada. Em nenhum momento, o líder do Campeonato Alemão mostrou-se em condições de reverter o placar.

Por enquanto, o resultado da partida permanece provisório, pois, antes mesmo de entrarem em campo, ambos os clubes haviam entrado na Uefa com um protesto contra sua realização. Tanto Leverkusen quanto Juventus não concordavam com a data do jogo, duas vezes adiado devido a nevoeiro em Turim. A última tentativa frustrada havia sido na noite de quarta-feira. Os clubes chegaram a sugerir outras datas, mas a Uefa ameaçou-os com multas e expulsão da competição caso não entrassem em campo nesta quinta.

Realizada na tarde de um dia útil, menos de 24 horas depois de ter sido adiada, a partida teve público incompatível. Apenas 6 mil torcedores compareceram ao estádio Delle Alpi, com capacidade para 70 mil espectadores. Na área reservada para a torcida alemã, pode-se contar somente oito presentes.

Segundo o diretor financeiro do Leverkusen, Wolfgang Holzhäuser, os jogadores dormiram pouco e mal a noite anterior. Como nenhum dos hotéis de Turim tinha vagas suficientes para hospedar o time, a delegação viajou 80 quilômetros, para Billia di Saint Vincent, em meio à paisagem nevada dos Alpes. "A equipe estava muito irritada. Até as duas da manhã, ninguém ainda tinha ido para a cama", conta Holzhäuser.

Liga dos Campeões – Grupo D

Classificação

  • Juventus e Deportivo La Coruña: 3 pontos
  • Arsenal e Bayer Leverkusen: nenhum ponto

    1ª Rodada

    • Deportivo 2 x 0 Arsenal
    • Juventus 4 x 0 Bayer Leverkusen

Links externos