1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irlandeses e tchecos vão às urnas no segundo dia das eleições europeias

Cidadãos dos 28 países-membros da União Europeia escolhem os 751 deputados do Parlamento Europeu. Primeiro dia teve votações no Reino Unido e na Holanda.

default

Candidato Gerry Adams vota em Dundalk, na Irlanda

Cidadãos irlandeses e tchecos vão às urnas nesta sexta-feira (23/05), no segundo dia das eleições que vão escolher os 751 deputados do Parlamento Europeu para os próximos cinco anos.

Os locais de votação foram abertos às 8h (horário local) na Irlanda, onde as pesquisas mostram crescimento do partido Sinn Féin, liderado por Gerry Adams, um político frequentemente apontado como antigo integrante do Exército Republicano Irlandês (IRA).

Os irlandeses têm até as 23h desta sexta-feira para votarem em seus 11 candidatos a representante no Parlamento Europeu. Cerca de 3 milhões de pessoas estão aptas a votar.

Já na República Tcheca, os cerca de 8,4 milhões de eleitores votam entre as 14h e as 22h desta sexta-feira (horário local) e também neste sábado, entre 8h e 14h. O país tem 21 vagas no Parlamento. Observadores acompanham com especial interesse o movimento Aliança dos Cidadãos Descontentes (ANO), liderado pelo milionário Andrej Babis.

As eleições europeias começaram na quinta-feira, quando cidadãos da Holanda e do Reino Unido foram às urnas. Não há pesquisas de boca de urna para o Reino Unido. Na Holanda, uma pesquisa indica vantagem dos partidos pró-europeus.

Neste sábado haverá votação na Letônia, em Malta e na Eslováquia. No domingo, último dia do pleito, é a vez dos outros 21 Estados-membros da UE confirmarem seus votos. Pela primeira vez há também candidatos ao cargo de presidente da Comissão Europeia.

Observadores preveem um baixo comparecimento às urnas em toda União Europeia. Nas eleições de 2009, apenas 43% dos eleitores votaram.

BWS/lusa/dpa