1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irlanda diz sim a pacto fiscal europeu em referendo

Maioria dos eleitores irlandeses apoia pacto. Assim, país endividado terá garantido acesso ao Mecanismo de Estabilidade Europeu (MEE).

Os irlandeses votaram a favor da adesão ao pacto fiscal europeu em referendo realizado nesta quinta-feira (31/05). Segundo informações do governo irlandês, a contagem final dos votos realizada nesta sexta-feira indicou que 60,3% do eleitorado do país disse sim ao pacto. Os céticos do euro conseguiram maioria em apenas cinco dos 43 círculos eleitorais.

Dos 25 países-membros da União Europeia que assinaram o Pacto Fiscal, a Irlanda é o único que deixou a decisão nas mãos da população. O resultado significa um alívio ao endividado governo em Dublin.

Se o resultado da votação tivesse sido negativo, a Irlanda não teria acesso ao Mecanismo de Estabilidade Europeu (MEE), o fundo de resgate permanente que entrará em vigor em julho.

Martin Schulz, presidente do Parlamento Europeu, saudou o voto dos irlandeses. Para o político, o resultado positivo do referendo é "um importante sinal para a adesão da Irlanda à zona do euro".

O presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, também elogiou o resultado do referendo, que disse ser "um importante passo para a recuperação e a estabilidade". Assim, o povo irlandês provou "seu apoio e seu comprometimento com a integração europeia".

LPF/dapd/rtr/afp
Revisão: Augusto Valente

Leia mais