1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irã vai julgar repórter do "Washington Post" por espionagem

Jason Rezaian responderá por quatro acusações, entre elas a de colaboração com governos hostis. Editor-chefe do jornal diz que é "absurdo" e "desprezível" comparar trabalho do jornalista com espionagem.

O jornalista Jason Rezaian, do jornal Washington Post, vai ser julgado pelo Irã por espionagem e colaboração com governos hostis, afirmou nesta segunda-feira (20/04) a sua advogada, Leila Ahsan. Segundo ela, o repórter é acusado de reunir informações confidenciais e de propaganda contra a República Islâmica.

Rezaian, de 39 anos, foi detido em 22 de julho de 2014 juntamente com a mulher, Yeganeh Salehi, na residência do casal em Teerã. Salehi, também jornalista, foi liberada mais tarde após o pagamento de fiança.

O jornalista nasceu nos EUA, onde passou a maior parte da sua vida, mas possui também a cidadania iraniana. Teerã, porém, não reconhece a dupla nacionalidade para seus cidadãos.

"Rezaian é um jornalista, e a natureza desse trabalho é obter informações para serem publicadas", afirmou Ahsan, após o final do primeiro encontro com seu cliente, desde que aceitou o caso em março. Ela garantiu que o correspondente não teve acesso a informações confidenciais, direta ou indiretamente.

O editor-chefe do Washington Post, Martin Baron, afirmou que é "um absurdo e desprezível afirmar, como o Judiciário do Irã está reivindicando, que o trabalho de Rezaian, primeiramente como free-lancer e depois como correspondente do jornal em Teerã, equivaleria a espionagem".

O chefe do Departamento de Justiça de Teerã, Gholamhossein Esmaili, afirmou que o dossiê contra o jornalista comporta "diferentes aspectos e é volumoso"

"A câmara do tribunal revolucionário está analisando vários dossiês, e esse caso será examinado de acordo com os procedimentos", afirmou Esmaili. As autoridades iranianas não anunciaram ainda uma data para o julgamento de Rezaian.

FC/rtr/afp/ap/lusa/efe

Leia mais