1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Irã diz que acordo nuclear pode estar próximo

Ministro do Exterior diz que é possível chegar a acordo sobre programa nuclear nesta semana, se países ocidentais decidirem abolir sanções ao Irã. Político reúne-se com secretário de Estado dos EUA para negociações.

O ministro do Exterior iraniano, Mohammad Javad Zarif, declarou nesta segunda-feira (02/03) ser possível alcançar um acordo sobre o programa nuclear iraniano ainda nesta semana, se os Estados Unidos e outros países ocidentais concordarem em abolir as sanções contra o Irã.

"Nossos parceiros de negociação, particularmente os países ocidentais e os Estados Unidos, devem, de uma vez por todas, chegar ao consenso de que sanções não combinam com um acordo", disse Zarif em Genebra. "Se eles querem um acordo, então, as sanções devem ser retiradas."

Perguntado sobre as expectativas com relação às conversas agendadas para esta semana com o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, o ministro iraniano afirmou que as coisas estão avançando. "Fizemos alguns progressos desde a última vez, e se houver vontade política de aceitar que um acordo não pode funcionar com sanções, então, podemos chegar a um consenso."

Segundo Zarif, o objetivo das negociações é conseguir um acordo que assegure que o programa nuclear iraniano é exclusivamente pacífico e que também garanta que todas as sanções sejam retiradas.

Kerry na Suíça

Num momento em que as relações entre Israel e os EUA se encontram deterioradas e pouco antes do discurso do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, diante do Congresso americano, Kerry salientou os laços estreitos entre os dois países e declarou forte apoio a Israel, em discurso na sessão anual do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, nesta segunda-feira em Genebra.

Ao discursar diante do Congresso dos EUA, em Washington, nesta terça-feira, espera-se que Netanyahu alerte contra as armadilhas envolvendo um acordo nuclear com o Irã, que está sendo negociado com os EUA e outros países.

Kerry disse ainda à imprensa em Genebra estar preocupado com relatos de que detalhes das negociações seriam revelados nos próximos dias. De acordo com autoridades israelenses, Netanyahu planeja discutir elementos das negociações que ele considera problemáticos e perigosos para Israel.

Ainda nesta segunda-feira, Kerry se reunirá com o ministro iraniano Zarif em Montreux, na Suíça, para uma nova rodada de negociações nucleares.

CA/ap/afp/dpa/rtr

Leia mais