1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Instituto alemão trabalha pela segurança na internet

A Alemanha conta agora com o um instituto voltado para a segurança na internet. O objetivo é combater o alastramento de vírus, spams e outras irregularidades que impedem o internauta de navegar sossegado pela rede.

default

A meta é navegar sem problemas

A Escola Técnica Superior de Gelsenkirchen inaugurou recentemente o primeiro instituto alemão cuja atividade está voltada exclusivamente à segurança na internet. O principal objetivo é combater o rápido alastramento de irregularidades na rede, como spams, vírus e quebra de senha e sigilo em operações bancárias e pagamento virtual.

CeBIT 2005 in Hannover, Besucher vergnügen sich vor PC

Maior proteção para mais diversão na rede

Afinal, quem não sonha em navegar pela internet sem ser importunado com os inúmeros spams, os tais e-mails não solicitados, que ficam pipocando na telinha? Quem não gostaria de abrir sites que parecem interessantes sem temer os vírus? A internet é hoje um imprescindível suporte da sociedade moderna, que diminui distâncias, agiliza operações e contribui para impulsionar a economia.

Se por um lado é possível tecer infindáveis elogios a este meio de comunicação, por outro lado é preciso lembrar que justamente por causa dessas vantagens a internet se tornou alvo, cada vez mais crescente, de ataques criminosos que atingem milhões de computadores em todo o mundo, provocando, inclusive, prejuízos incalculáveis.

Conhecendo o perfil alemão

O instituto alemão quer impedir o fluxo de irregularidades dentro do país. Um dos primeiros projetos trata da análise do tráfego de dados na internet alemã com o intuito de agir com maior rapidez contra a proliferação de vírus. De acordo com o diretor do instituto, Norbert Pohlmann, antes de mais nada é primordial montar um perfil da internet alemã. Para tanto, é necessário descobrir quem são os provedores de acesso, serviços e informações na rede local bem como acompanhar a complexa comunicação de dados.

Bildgalerie Kaliningrad Autotor in Kaliningrad

Sem internet muitas firmas ficariam paralisadas

"Só assim será possível avaliar se o fluxo de informações online transcorre em parâmetros normais ou se há indícios que nos levem a suspeitar da presença de possíveis irregularidades. Isto nos permitirá dar as recomendações necessárias para que grandes empresas se protejam de ataques virtuais", explicou Pohlmann.

Proteger a internet é prioridade

O especialista em informática também trabalha como consultor para o governo alemão. Mas não foi apenas por isso que o ministro do Interior, Otto Schily, marcou presença na solenidade de inauguração do instituto. O ministro quis acentuar o significado que o trabalho de proteger a internet representa para a Alemanha, especialmente no âmbito empresarial e da máquina pública.

O que é irritante para um internauta comum pode significar uma ameaça séria para empresas e governo. Gastar um tempão deletando spams, por exemplo, interfere no rendimento do trabalho. A presença constante de novos vírus também é preocupante, pois pode danificar uma série de computadores interligados. No momento, circulam pela Alemanha spams com conteúdo radical de direita. "Nós queremos acabar com isto no futuro", afirmou Pohlmann.

Internauta mais antenado

Linux Betriebssystem in München

Computador protegido com programas antivirus e anti-spam

Uma recente pesquisa revelou que os alemães consideram a internet insegura. Na verdade, o que ocorre também é que são poucos os usuários que se preocupam de fato com a segurança de seu computador. É preciso um esclarecimento maior sobre a importância de investir na instalação de programas como antivírus e que filtrem a correspondência eletrônica separando o spam das mensagens úteis.

O instituto alemão pela segurança na internet pretende, neste contexto, colaborar com os provedores de e-mails para que tais mensagens indesejáveis nem cheguem ao internauta. Como se pode perceber, há muito trabalho a fazer em prol da segurança e da confiabilidade na internet.

Leia mais