1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Informação e diálogo são o nosso programa

A Deutsche Welle completa 50 anos de existência. Ela é sinônimo de informação e diálogo. Em todo o mundo goza de alta reputação, graças a sua independência e credibilidade.

default

A nova sede da Deutsche Welle em Bonn

Meio século após ir ao ar pela primeira vez, a emissora internacional da Alemanha apresenta-se como uma inovadora empresa de mídia. A DW oferece, em mais de 30 idiomas, um leque de informações acessível em praticamente qualquer parte do planeta. Ela aposta nas mais modernas técnicas digitais de produção e transmissão e, em especial, numa equipe internacional com mais de 1500 funcionárias e funcionários de 60 nacionalidades.

Estes encarregam-se da programação da DW-TV e da DW-RADIO, assim como do website DW-WORLD.DE. "O diálogo intercultural é parte do cotidiano e programa para a DW", nas palavras de seu diretor-geral, Erik Bettermann.

DW-Kollege António Rocha im Gespräch mit einer jungen Mosambikanerin

António Rocha, jornalista de Cabo Verde, entrevista uma jovem de Moçambique

"Não nos destacamos apenas pela vívida variedade de idiomas e culturas; as diversas nacionalidades e o know-how dos responsáveis por nossa programação influenciam, por sua vez, o discurso social na Alemanha".

A Deutsche Welle comemorará seu jubileu de ouro com um ato festivo em 27 de junho de 2003, no plenário do antigo Parlamento em Bonn. O discurso inaugural ficará a cargo do convidado de honra: o presidente da República Federal da Alemanha, Johannes Rau. O ano de 2003 marca a mudança da central da emissora de Colônia para Bonn, e na ocasião a DW também estará inaugurando sua nova sede. O prédio projetado por Joachim Schürman, no antigo bairro governamental, é uma dos mais modernos centros de transmissões da Europa.

Três pilares...

Os programas multilíngües da DW-RADIO – do amárico (idioma oficial da Etiópia), ao urdu (Paquistão), do bengali ao ucraniano, e, naturalmente, alemão, inglês, russo e chinês – passarão a ser produzidos na ex-capital, enquanto a DW-WORLD.DE manterá sua oferta multimídia. O centro de treinamento DWFZ continuará se encarregando do aperfeiçoamento de profissionais em telecomunicações das regiões menos favorecidas.

Redaktion Afghan TV Deutsche Welle Berlin DW-TV

Redação da DW-TV em Berlim: foto mostra dois jornalistas que fazem o novo programa para o Afeganistão

As atividades televisivas da DW concentram-se em Berlim. A DW-TV pode ser vista no mundo inteiro, em alemão, inglês e espanhol, além de apresentar janelas de programação regionais, nas línguas locais. Ela participa ainda – em conjunto com os canais ARD e ZDF, também de direito público, da GERMAN-TV. Esta apresenta para o mundo o melhor da TV alemã não-privada, mas que tampouco é estatal, graças ao sistema especial de financiamento por contribuições obrigatórias dos usuários. O canal já pode ser visto nos Estados Unidos, como pay-tv.

... e uma missão

A Deutsche Welle tem o objetivo de "divulgar no exterior uma visão abrangente da vida política, cultural e econômica da Alemanha, apresentando e esclarecendo os pontos de vista nacionais sobre questões importantes". Assim está definida sua tarefa, em lei de 1997. O governo de Berlim pretende revê-la, redefinindo a função da DW, em colaboração estreita com a emissora.

Erik Bettermann

Erik Bettermann, diretor-geral da Deutsche Welle

O diretor-geral da empresa explica: "A DW é sinônimo de independência e credibilidade. Estas características continuarão tendo prioridade, também no futuro, pois é o que interessa ao nosso público em todo o mundo. Entretanto, a função legal da DW tem que ser complementada e especificada. Nós não noticiamos apenas sobre a Alemanha, mas naturalmente também sobre as regiões para as quais transmitimos. Assim, o rádio internacional pode funcionar em prol da política de relações exteriores e de segurança. Nas regiões de guerra e de crise ele assegura o fluxo de informação".

Nesse sentido, a DW pretende intensificar o diálogo com o mundo islâmico. Desde já, ela mantém janelas de programação na DW-TV em dari e pashtu – idiomas falados no Afeganistão – assim como em árabe. A emissora também planeja acompanhar de perto o processo da unificação européia, focalizando, em especial, os aspectos econômico e cultural.

Erik Bettermann lembra que "a DW é a instituição midiática e cultural internacional de maior alcance". Dois terços da humanidade vivem sob regimes políticos autoritários ou totalitários, onde a liberdade de imprensa e de opinião é cerceada. Nestes lugares, e em especial nas regiões de crises e conflitos, a Deutsche Welle é uma fonte de informações objetivas. Isso vale tanto para os Bálcãs como para o Afeganistão e outras regiões do mundo atual.

Leia mais