1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Inflação na zona do euro se mantém estável em 0,2%

Queda nos preços de energia impulsiona aumento dos custos de alimentos, bebidas e bens industriais e de serviços em agosto. Índice se mantém abaixo da meta de 2% ao ano estipulada pelo Banco Central Europeu.

A inflação na zona do euro se manteve estável pelo terceiro mês consecutivo em agosto, em 0,2%, na comparação anual, segundo dados divulgados pelo Departamento de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) nesta segunda-feira (31/08).

Uma queda acentuada nos preços de energia, de 7,1%, resultou num aumento dos custos de alimentos, bebidas alcoólicas e tabaco, assim como de bens industriais e serviços, segundo o Eurostat.

Os índices de inflação se mantiveram abaixo da meta estipulada pelo Banco Central Europeu (BCE) de 2% ao ano. O BCE vem injetando mensalmente 60 bilhões de euros no sistema financeiro da zona do euro para impulsionar a inflação.

Um período prolongado de inflação baixa ou uma queda acentuada nos preços ao consumidor pode causar danos à economia, levando os consumidores a adiar suas compras.

Em maio, o índice anual do custo de vida nos 19 países que utilizam a moeda europeia voltou a registrar números positivos pela primeira vez em seis meses, chegando a 0,3% e acalmando em parte os temores quanto a uma possível deflação. Desde então, a inflação caiu levemente e se manteve estável em 0,2%.

RC/dpa/afp/ap

Leia mais