1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Indonésia busca avião desaparecido com 162 pessoas a bordo

Airbus 320-200 perdeu contato com controle de tráfego uma hora após decolar com destino a Cingapura. Avião desapareceu no Mar de Java, em região conhecida por fortes tempestades.

As autoridades da Indonésia buscam, com auxílio do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, o voo QZ8501 da AirAsia, que desapareceu no domingo (28/12) com 162 a bordo, em algum ponto do Mar de Java, a caminho de Cingapura.

O Airbus 320-200 sumiu dos radares cerca de uma hora depois de decolar do aeroporto internacional de Juanda, na cidade indonésia de Surabaia, na ilha de Java, na Indonésia, às 05h20 (horário local). Ele deveria pousar quase três horas depois em Cingapura.

O vice-presidente indonésio, Jusuf Kalla, admitiu na madrugada de domingo não haver qualquer prova concreta de que o avião tenha caído, mas disse que há "altas probabilidades" de que ele tenha se acidentado no mar.

AirAsia Airbus 320-200 vermisst 28.12.2014

Um Airbus 320-200 da AirAsia

O avião desapareceu numa área conhecida por fortes tempestades. Há informações de que havia um temporal na região no momento do desaparecimento. As tarefas de busca, interrompidas com a chegada da noite, foram programadas para serem retomadas nas primeiras horas desta segunda-feira.

"Interrompemos as buscas quando começou a anoitecer. A meteorologia também não estava favorável. As buscas serão retomadas amanhã [segunda-feira] cedo, se o tempo permitir", declarou um porta-voz do ministério dos Transportes da Indonésia. Mesmo assim, os navios de busca não retornarão à costa e manterão suas luzes acesas.

Piloto pediu para subir avião devido a mau tempo

A companhia, sediada na Malásia, informou que o piloto do voo QZ8501 solicitou uma permissão para subir da altitude de 32 mil pés para 38 mil pés para desviar de nuvens densas, por causa do mau tempo. Manobra é considerada normal em tais situações.

A operação de busca e resgate do avião é coordenada pela Indonésia e tem participação de Cingapura. A Força Aérea da Indonésia enviou duas aeronaves de reconhecimento e um helicóptero. Por sua vez, Cingapura disponibilizou um avião militar.

AirAsia-Maschine mit 162 Menschen vermisst 28.12.2014

Familiares aguardam notícias dos parentes que estavam no voo da AirAsia

De acordo com a autoridade de aviação indonésia, a busca se concentra na área marítima entre as ilhas indonésias de Bangka e Belitung, no Mar de Java, localizadas na metade do caminho entre Surabaia e Cingapura.

O avião transportava 155 passageiros (138 adultos, 16 crianças e um bebê) e sete tripulantes, incluindo dois pilotos. Entre os passageiros, havia um de Cingapura, um da Malásia, três sul-coreanos, um inglês e 149 indonésios. Seis indonésios e um francês faziam parte da tripulação.

A fabricante Airbus disse que o avião que desapareceu foi entregue à AirAsia em outubro de 2008 e que, desde então, tinha cerca de 23 mil horas de voo. De acordo com a AirAsia, a aeronave passou pela última revisão em meados de novembro.

MD/lusa/afp/dpa/rtr

Leia mais