1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Indonésia anuncia ter encontrado "grandes objetos" no fundo do mar

Pedaços atribuídos ao avião da AirAsia que caiu com 162 pessoas a bordo estão a 30 metros de profundidade. Governo indonésio proibiu que a companhia aérea opere a rota do acidente, devido a suspeita de irregularidade.

Quase uma semana após a queda do avião da AirAsia no Mar de Java, as autoridades indonésias anunciaram neste sábado (03/01) a descoberta de dois "grandes pedaços" da fuselagem da aeronave no fundo do mar. "Posso confirmar que estas são partes da aeronave da AirAsia", afirmou o chefe da Agência Nacional de Resgate e Buscas da Indonésia, Bambang Soelistyo. O Ministério dos Transportes do país acusa a companhia aérea malaia AirAsia de violar termos de sua licença para a rota na qual ocorreu o acidente.

Até agora, acharam-se quatro grandes pedaços atribuídos à fuselagem do avião. Dois objetos foram encontrados na sexta-feira e outros dois, no sábado. Um robô submarino foi usado para fotografar as peças, porém sua operação tem sido dificultada por fortes correntes marinhas. Os destroços estariam a uma profundidade de 30 metros. Até agora, 30 mortos foram resgatados do mar.

O voo QZ-8501, um Airbus A320-200, desapareceu no último domingo com 162 passageiros a bordo, indo de Surabaia, em Java, Indonésia, para Cingapura, tendo sumido dos radares 40 minutos depois de decolar.

Acusação contra AirAsia

A procura por destroços e vítimas no Mar de Java tem sido prejudicada nos últimos dias pelo mau tempo. Participam da busca 29 navios e 17 aviões de vários países, de acordo com as autoridades indonésias.

Ainda não foram encontrados os gravadores de voo, as chamadas caixas-pretas, que poderiam lançar luz sobre a causa do acidente. Até agora, apenas está claro que logo após a decolagem o piloto pediu para fazer um desvio de rumo, devido a uma tempestade. Este foi aprovado, mas o controle de voo proibiu o piloto de aumentar sua altitude, devido ao tráfego aéreo denso.

O Ministério dos Transportes indonésio suspendeu os voos da AirAsia entre Surabaia e Cingapura, acusando a companhia de violar os termos de sua licença para a rota, que permite voos em quatro dias da semana, mas não aos domingos. Ainda não foi esclarecido como a AirAsia conseguiu operar o trecho sem uma licença válida.

MD/afp/dpa/

Leia mais