1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Inaugurado na Alemanha maior tempo hinduísta da Europa

A cidade de Hamm, na Vestfália, abriga o maior templo hinduísta da Europa continental, inaugurado neste fim de semana e consagrado a Sri Kamadji Ampal, a deusa com os olhos do amor.

default

Arquitetura indiana em plena região industrial do Ruhr

Cerca de 3000 fiéis vindos de todas as partes da Alemanha e de outros países europeus estiveram em Hamm, no domingo (07), para participar, com músicas indianas e a recitação de mantras, das cerimônias de inauguração de um templo hinduísta. Com 700 metros quadrados e duas torres de 11 e 17 metros de altura, o templo consagrado a Sri Kamadjai Ampal — a deusa hindu com os olhos do amor — é o maior da Europa continental e o primeiro da Alemanha.

Em nenhuma outra região da Alemanha concentram-se tantos cingaleses refugiados da guerra civil em Srilanka como em Hamm, em plena região industrial do Ruhr. O sacerdote Arumugan Paskaran, para quem se realizou um sonho, acentuou que o "templo não pertence apenas aos hinduístas, mas a todos". Para o prefeito Thomas Hunsteger-Petermann, ele representa "um enriquecimento para a cidade".

Arquiteto alemão — O projeto, que custou 1,5 milhão de euros, foi iniciado por Paskaran, que se refugiou na Alemanha em 1995, e sua concretização só foi possível graças à sua pertinácia. Quando o sacerdote conseguiu angariar fundos suficientes para a construção, escolheu às cegas, nas páginas amarelas, o nome de um arquiteto, Heinz-Rainer Eichhorst.

Para se familiarizar com a arquitetura dos templos, o alemão Eichhorst viajou pelo sul da Índia, onde buscou inspiração para desenhar um pavilhão quadrado com entrada principal em direção ao Oriente. O interior foi decorado por artesãos indianos com trabalhos em gesso e pinturas em cores vivas: azul, verde, amarelo, laranja e rosa. Com o tempo, ele abrigará 240 divindades. Algumas das esculturas já estão prontas, entre as quais a de Ganesh, deus na figura de um elefante.

O número de hinduístas que vivem na Alemanha é desconhecido. Mas a festa anual do templo costuma atrair 15 mil fiéis, número que deve se elevar de agora em diante. (lk)

Leia mais