Inaugurado em Salzburgo o hotel da família Trapp | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 31.07.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Inaugurado em Salzburgo o hotel da família Trapp

Maria Franziska von Trapp, uma das duas integrantes da família Trapp ainda vivas, retornou a Salzburgo. Motivo da visita foi inauguração do hotel em que foi transformada a casa onde a família viveu até 1938.

default

Cidade foi usada como cenário para filmagens de dois filme sobre a família de cantores

Setenta anos após a imigração do clã para os Estados Unidos, Maria Franziska von Trapp, uma das duas integrantes da família ainda vivas, hoje com 94 anos, retornou a Salzburgo neste mês de julho para a inauguração do hotel em que a casa onde moraram até 1938 foi transformada. O estabelecimento ainda não está aberto ao público.

Uma história austríaca, duas versões

A apaixonante história da família foi eternizada em duas produções cinematográficas, uma versão alemã, filmada nos anos 50 e intitulada Die Familie Trapp ( A Família Trapp) e uma versão norte-americana filmada em 1965 e talvez muito mais famosa, cujo nome é Sound of Music ( A Noviça Rebelde, no Brasil).

A película norte-americana, que contou com Julie Andrews no elenco, foi premiada com o Oscar de melhor filme em 1966. Cerca de 400 mil turistas visitam a cidade anualmente para conferir, ao vivo e em cores, os locais de filmagens.

Esse número supera a quantidade de habitantes do local, que atualmente gira em torno de 150 mil. "É um fenômeno, essa moda parece que nunca irá acabar", declarou o diretor da Secretaria de Turismo de Salzburgo, Herbert Brugger.

Salzburg, Europameisterschaft 2008 (freies Format)

Agências de turismo aproveitam o fenômeno Trapp e oferecem excursões temáticas pela região

Salzburgo e o fenômeno Trapp

Cada lugar da cidade lembra alguma parte do filme e existem agências de turismo especializadas no "Sound of Music Tour", ou seja, uma excursão que promete levar o turista aos locais que serviram como locação para a versão norte-americana.

O tour é oferecido por diferentes empresas e tem duração de aproximadamente quatro horas. Longa mas recompensadora, a excursão leva fãs a lugares maravilhosos, tanto pela arquitetura quanto pela paisagem. Alguns guias ainda vão além de simples explicações, usando como trilha sonora músicas gravadas pelos atores ou mesmo pela família.

The Sound of Music, Film mit Julie Andrews, 1965

Filme de 1965 ainda conquista fãs ao redor do mundo

Uma das cenas mais famosas do filme, dirigido por Robert Wise, é aquela em que a filha mais velha do temido capitão von Trapp, Liesl, interpretada pela atriz Charmian Carr, dança e canta com seu namorado Rolf (Daniel Truhitte) a música "Sixteen Going On Seventeen" dentro de um coreto, cujo original é um dos locais de visitação que fazem parte das excursões.

Antigamente era possível entrar no tal coreto para tirar fotos, o problema é que os turistas começaram a querer interpretar a canção da forma como Carr fez no filme, pulando e rodando de um banco para o outro.

Até ai tudo bem, não fossem os turistas que caíram e se machucaram seriamente, como aconteceu com a própria atriz. A prefeitura de Salzburgo, cansada de ter de pagar indenizações, resolveu então proibir a entrada de visitantes no coreto.

Para quem já assistiu ou vai assistir pela primeira vez

Até mesmo os albergues entram na onda da história, um dos estabelecimentos mais procurados na cidade, o Youth and Family Guesthouse, oferece sessões diárias de exibição do longa-metragem para aqueles que ainda não assistiram ou para os que querem rever pela segunda ou até mesmo terceira vez uma das produções hollywoodianas mais relembradas e que, ano após ano, continua a encantar gerações pelo mundo inteiro.

Leia mais