1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Imprensa antecipa final cem por cento alemã na Liga dos Campeões

Alemães misturam euforia por chance de decisão inédita entre times do país com especulações sobre saída de Lewandowski, autor dos quatro gols da vitória do Dortmund sobre o Real. Para espanhóis, resultado é reversível.

A imprensa da Alemanha se dividiu nesta quinta-feira (25/04) entre a exaltação ao Borussia Dortmund – que pode fazer, contra o Bayern de Munique, a primeira final alemã da história da Liga dos Campeões – e as especulações sobre um possível desmantelamento do time.

Na quarta-feira, o Dortmund venceu o Real Madrid de Cristiano Ronaldo por 4 a 1 e colocou um pé na final do torneio, repetindo o que fizera na véspera o Bayern de Munique, que aplicara 4 a 0 no Barcelona de Lionel Messi.

"A final alemã está muito perto", titula o tabloide Bild. "Potência espanhola humilhada", assinala o Süddeutsche Zeitung. "Uma noite histórica de um time único", diz, por sua vez, o jornal Die Welt. O Frankfurter Allgemeine Zeitung sai em tom parecido: "O Dortmund quase repetiu o que o Bayern fez, e a semifinal se tornou um espetáculo de Lewandowski".

Champions League 2012/13 Halbfinale BV Borussia Dortmund Real Madrid

Lewandowski comemora quarto gol contra Real

Lewandowski teria acordo com Bayern

O atacante polonês Robert Lewandowski foi o autor dos quatro gols da vitória do Dortmund, o que jamais havia acontecido numa semifinal de Liga dos Campeões. E a atuação de gala aumentou os rumores de que ele possa seguir os passos do companheiro de time Mario Götze, que acertou sua transferência para o Bayern de Munique para a próxima temporada.

A imprensa alemã diz que já haveria um acordo entre Lewandowski e o Bayern e cita um agente do jogador. O Dortmund, porém, não confirma. O atacante polonês tem contrato até a metade de 2014 e já deu a entender que não tem a intenção de renová-lo. Em seu site, o Bild fala em "poker milionário" pelo jogador.

"Estamos satisfeitos, mas demos apenas um passo. Em Madri também temos que fazer uma boa partida", disse Lewandowski ao fim do jogo.

Em termos parecidos, o zagueiro Mats Hummels qualificou o rendimento do Dortmund como acima da média, mas também destacou a importância de levar a sério a partida em Madri, na próxima terça-feira.

"Torcida e time tiveram um rendimento excepcional. A final está bem próxima, mas temos que saber o que nos espera em Madri", afirmou Hummels.

"Real no abismo"

A imprensa espanhola, por outro lado, foi ainda mais dura com o Real Madrid do que fora na véspera com o Barcelona. O diário esportivo Marca, por exemplo, dedica 14 páginas à partida e dramatiza: "na noite mais escura", o Real "se lançou ao abismo" com uma "atuação lamentável". O Mundo Deportivo fala em "banho do Dortmund".

Bildzitat spanische Sportzeitung marca.com

Site do jornal "Marca" após o jogo: "A noite mais escura"

Apesar de admitirem que têm tarefa difícil pela frente, os jogadores e o técnico José Mourinho, por outro lado, deixaram claro que, para eles, nada está perdido.

"Eles fizeram uma partida completa e não respondemos nem individual nem coletivamente", afirmou Mourinho. "Mas o resultado é reversível."

O goleiro Diego López disse que o Real Madrid terá uma "oportunidade histórica" de, diante de sua torcida, reverter o placar. Como gols marcados fora de casa são critério de desempate na Liga dos Campeões, uma vitória por 3 a 0 daria a classificação ao time espanhol.

"Todo o time tem que estar com a cabeça na terça-feira. Passar à final seria milagroso. O estádio vai nos empurrar, temos fé que passaremos", disse o goleiro.

RPR/dpa/ap/afp/rtr

Leia mais