1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Imprensa alemã faz piada com caso de inundação na sede do serviço de inteligência

Ainda em construção, a nova sede do serviço de inteligência alemão foi parcialmente inundada, após ladrões terem roubado as torneiras dos banheiros do prédio. Imprensa apelidou o caso de "Watergate".

Deutschland zukünftige Zentrale des Bundesnachrichtendienstes

Nova sede do BND em Berlim: mudança está programada para 2017

O prédio da nova sede do Departamento Federal de Informações da Alemanha (BND) em Berlim foi inundado, após ladrões terem adulterado os encanamentos e fugido com torneiras do local, num incidente que a mídia alemã apelidou de "Watergate".

Nesta quinta-feira (05/03), a agência de notícias DPA noticiou que, na terça-feira, notou-se a falta de torneiras em banheiros do quarto, quinto e sexto andares do edifício principal.

Operários que trabalhavam no local ligaram a água para enxaguar canos recém-instalados e ficaram surpresos quando a água se espalhou em cascata pelos andares do prédio, disse a agência.

Segundo a imprensa alemã, os prejuízos podem chegar a milhões de euros. O local é vigiado por uma empresa particular e monitorado por dezenas de câmeras, mas nenhum imagem do incidente foi divulgada.

De acordo com a DPA, fontes afirmaram que a área afetada, situada entre o edifício principal e a ala norte, é destinada a escritórios, mas a zona prevista para operações ultrassecretas de inteligência não foi afetada.

A mídia alemã classificou o incidente como mais um embaraço para o BND em relação à nova sede. A mudança dos 3.000 funcionários do BND de sua antiga sede em Munique para a capital alemã já foi adiada várias vezes e está atualmente programada para 2017. Em 2011, documentos sigilosos contendo a planta do prédio foram roubados.

O jornal berlinense Tagesspiegel estampou a manchete "Watergate no novo edifício do BND" – em alusão jocosa ao escândalo que levou à renúncia do ex-presidente americano Richard Nixon.

O BND não quis comentar o incidente, e uma porta-voz do Departamento Federal de Obras do governo alemão se restringiu a confirmar o roubo. A polícia afirmou que está investigando o caso.

CA/dpa/afp

Leia mais