1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Imprensa alemã faz festa pela liderança do grupo

Mídia do país faz elogios ao treinador da seleção alemã, Jürgen Klinsmann, e a Klose, artilheiro da Copa, mas adverte que agora começa a parte difícil do Mundial.

default

Klose, que se aproxima de recorde de gols em Mundiais, ganha elogios

Jornal Bild : Agora a Copa começa realmente ...

Deu prazer ver a atuação da nossa seleção durante a primeira fase. Especialmente porque as três vitórias nos garantiram a liderança do grupo. Mas agora vêm os jogos em que o derrotado cai fora da competição.

Nosso Miro Klose fez quatro gols e é artilheiro da Copa. A liderança soberana na chave dá respaldo ao grupo de Klinsmann.

Mas temos que considerar: o Equador também já estava classificado às oitavas antes do jogo e por isso poupou quatro titulares. Nossos próximos adversários são mais fortes.

Com os dois gols marcados ontem, Miroslav Klose soma nove gols em Mundiais e está no calcanhar do lendário Gerd Müller (14 gols marcados em Copas). O estádio "explodiu" quando Klose foi substituído. Ele já estava há muito tempo no banco, mas a multidão ainda cantava seu nome. A Alemanha está de pernas para o ar depois de seu maravilhoso salto de comemoração ao gol.

Também "Klinsi" teve seu nome cantado. Se tudo for bem, voltaremos a Berlim nas quartas-de-final. E na final. Mesmo assim, devemos ficar com os pés no chão. Por mais difícil que seja...

Revista esportiva Kicker : Com Klose e Poldi à liderança do grupo

A seleção alemã toma a liderança do grupo e segue às oitavas com uma vitória incontestável e merecida diante do Equador. O destaque da homogênea seleção alemã mais uma vez foi Miroslav Klose, que fez sua segunda dobradinha de gols nesta Copa.

Jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung : A festa continua

Agora até Lukas Podolski já está acertando o gol! E Arne Friedrich faz defesa sem erros no estádio onde joga seu clube. E Huth consegue substituir Metzelder à altura! Nestes dias de Copa, estão se realizando todos os desejos da seleção alemã. Até mesmo quem causava preocupação é motivo de alegria. A festa pode continuar.

O 3 x 0 foi uma vitória da razão, da concentração e do moral. Muitas equipes teriam diminuído o ritmo de jogo depois de abrir vantagem no placar diante dos equatorianos, que não mostraram muita ambição no jogo. Mas os alemães estavam não só conscientes do que deviam ao seu público, como atenderam às expectativas e não se pouparam num dia de tanto calor.

No momento, a seleção alemã parece capaz de muita coisa. Mas, com todo respeito, a Argentina e a Espanha mostraram um futebol muito melhor. E o Brasil também deve mostrar este nível. Pensando nisso, já podemos nos alegrar com os futuros confrontos.

Jornal Kölner Stadt Anzeiger : A impressão de força

A primeira fase terminou e o balanço é positivo para a seleção alemã. A equipe ingressa nas oitavas carregada de autoconfiança e segurança, fatores imprescindíveis para concretizar o sonho do título. (...)

Há no entanto aspectos que podem relativizar até mesmo três vitórias seguidas em um Copa do Mundo: à Costa Rica faltou substância, a Polônia estava vindo de uma surpreendente derrota.

Já o Equador parecia menos interessado na liderança do grupo. À seleção alemã parecem não haver alternativas a não ser vencer. Mesmo que o adversário das quartas-de-final seja a Argentina – a melhor seleção desta Copa até agora.

O caminho até a final, entretanto, é difícil, sejam quais forem os adversários. Esta seleção pode derrotar até mesmo a Argentina, desde que confie em sua defesa, no seu condicionamento físico e no seu sistema ofensivo.

Leia mais