1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Imprensa alemã destaca atuação de Neymar na vitória sobre o México

Sites alemães são unânimes no elogio ao camisa 10 da seleção brasileira. "Mágico", "superstar" e "gigante" são alguns dos adjetivos usados para descrever atuação do craque.

A mídia alemã exaltou a boa atuação do atacante Neymar na vitória da seleção brasileira sobre o México, por 2 a 0, nesta quarta-feira (19/06), em Fortaleza. O resultado garantiu a classificação antecipada para as semifinais da Copa das Confederações, já que a Itália derrotou o Japão por 4 a 3, no outro jogo do grupo.

No seu site, o semanário alemão Die Zeit destacou em sua manchete o Traumtor – gol dos sonhos – de Neymar, e o "futebol-samba" da jovem estrela. Assim como outros órgãos de imprensa alemã, o Die Zeit mencionou a declaração do craque antes da partida, na rede social Instagram, onde ele afirmou ter "família e amigos no Brasil, também quero um país mais justo e honesto", numa referência aos protestos contra a corrupção.

A revista Stern deu destaque à declaração do técnico Luiz Felipe Scolari logo após o jogo, quando ele afirmou que Neymar pode de fato ser um dos três maiores do mundo. A Stern mencionou também o enorme assédio da imprensa ao jovem jogador, que acabou deixando o técnico brasileiro como mero coadjuvante durante a entrevista coletiva.

O jornal Bild deu ênfase à presença do técnico da seleção alemã, Joachim Löw, e seu assistente Hansi Flick, no estádio Castelão, afirmando que eles puderam ver de perto o "mágico" Neymar. O jornal teceu diversos elogios ao camisa 10 da seleção, declarando que ele "dança com seus adversários e trata a bola como uma amante".

O Bild foi mais além ao afirmar que o brasileiro encanta a Copa das Confederações com seus truques e Traumtoren – repetindo a expressão usada pela jornal Die Zeit para descrever os "gols dos sonhos", ou gols perfeitos do brasileiro – e elogiou a modéstia do "homem de 75 milhões de euros", que creditou seu bom desempenho ao apoio da equipe.

FIFA Confederations Cup 2013 Brasilien Japan Fußball

Jogadores celebram o gol de Neymar, primeiro da partida

"A hora dele chegou"

A manchete do jornal Die Welt deu todos os créditos da vitória ao camisa 10, afirmando que "o feitiço de Neymar levou o Brasil à vitória". O diário ressaltou, porém, que os protestos chegaram a ofuscar o triunfo da seleção brasileira, e também citou as declarações do novo craque do Barcelona a favor das manifestações.

O Die Welt lembrou que o Brasil havia sido derrotado pelo México na final dos Jogos Olímpicos no ano passado, e que os mexicanos haviam ganhado seis dos sete últimos duelos entre as duas seleções, ressaltando a importância da partida desta quarta-feira, uma vez que "Neymar e companhia" conseguiram interromper essa série de resultados negativos contra o rival.

O site da revista Der Spiegel, o principal semanário da Alemanha, falou em "festa do futebol" dentro do estádio, enquanto os manifestantes protestavam do lado de fora. O artigo diz que o "superstar" Neymar foi o jogador-chave na vitória brasileira, marcando o primeiro gol da equipe e fazendo uma maravilhosa jogada individual que resultou no segundo gol da seleção, marcado por Jô nos acréscimos da partida. Também a Der Spiegel deu destaque à declaração do craque em favor dos protestos.

"O superstar brasileiro foi responsável por grandes emoções na vitória brasileira", estampou o site da revista esportiva Kicker, acrescentando que a atmosfera no estádio era "impressionante", especialmente quando os jogadores continuaram a entoar o hino nacional brasileiro até a última letra, após a execução ter sido interrompida pelo sistema de som do estádio, terminando com Pátria amada, Brasil.

Segundo a Kicker, o juiz da partida, o inglês Howard Webb, afirmou nunca ter visto nada parecido em sua vida. O site cita uma declaração de Scolari sobre Neymar, dizendo que "a hora dele chegou".

Outro site esportivo da Alemanha, o Goal, aproveitou o slogan utilizado nos protestos pelo país e afirmou que "Neymar acordou o gigante", trazendo a torcida para o lado da seleção. Segundo o Goal, o slogan das manifestações, "o gigante acordou", também se aplica ao próprio Neymar, considerando a partida como um one man show – um show de um homem só.

A seleção brasileira volta a campo neste sábado, quando enfrenta a Itália – também já classificada por antecipação – pelo último jogo da fase inicial da Copa das Confederações.

Leia mais