1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Imprensa alemã cobre seleção de elogios

"Traum-Fussball" (futebol dos sonhos) é a expressão mais usada pelos jornais e sites alemães para definir a vitória do selecionado brasileiro sobre a Argentina por 4 x 1 e a conquista da Copa das Confederações.

default

Alemães pediram – e ganharam – a volta do futebol-samba brasileiro

Frankfurter Allgemeine Zeitung

"Brasil celebra futebol de outro mundo", estampa o conceituado Frankfurter Allgemeine Zeitung na sua edição desta quinta-feira (30/06). "Com um futebol dos sonhos, como vindo de um outro mundo, o campeão mundial Brasil venceu pela segunda vez, depois de 1997, a Copa das Confederações e, um ano antes da Copa do Mundo, sublinhou de forma impressionante suas ambições para manutenção do título", escreve o jornal, que classifica o jogo como uma aula de futebol para a Argentina.

Süddeutsche Zeitung

Na mesma linha vai outro importante diário alemão, o Süddeutsche Zeitung, de Munique: "Uma lição exemplar" é o título da matéria sobre o jogo. "Primeiro os brasileiros controlam o jogo, depois eles celebram o futebol e impõem soberanos 4 a 1 aos argentinos." A descrição do primeiro gol, oriundo de um "fulminante chute de esquerda", começa da seguinte maneira: "Nenhum zagueiro gosta quando Adriano pega na bola perto da grande área, e ele mostra por quê".

Bild Zeitung

"Quatro gols dos sonhos! O Brasil mereceu o título", afirma o jornal de maior tiragem da Alemanha, o Bild. "Nós devemos nos ajoelhar frente a esses brasileiros! Com um fantástico 4 a 1 contra os arqui-rivais argentinos, os gigantes do samba venceram pela segunda vez a Copa das Confederações", continua o jornal, para quem os argentinos não tiveram "a menor chance".

Confederations Cup Brasilien gegen Argentinien

A bola no gol de Lux: Adriano marca o primeiro gol

Spiegel Online

"Brasil desmonta a Argentina", escreve a versão online da revista Der Spiegel, um dos sites mais lidos da Alemanha. Segundo a página, o Brasil conseguiu sua revanche da derrota pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A vitória por 4 a 1 foi a melhor apresentação do selecionado brasileiro na Copa das Confederações, afirma o site, para quem o atacante Adriano foi o mais fenomenal jogador da partida.

Kicker

O site da revista esportiva Kicker diz que "a seleção foi direto ao ponto". "Muita coisa estava em jogo nessa festa: o título da Copa das Confederações, muito prestígio nesse duelo de dois arqui-rivais e, para o atual campeão mundial, sobretudo a revanche da derrota por 3 a 1 nas eliminatórias para a Copa do Mundo", diz a matéria. Para a Kicker, os argentinos tentaram impedir o famoso quarteto de atacantes da seleção de jogar. "Por dez minutos, funcionou, mas aí os brasileiros estragaram os planos dos comandados de Peckerman."

Die Welt

Para o diário berlinense Die Welt, "o futebol-samba triunfou". Segundo o diário, o Brasil varreu a Argentina do campo na final da Copa das Confederações. "No clássico sul-americano, o Brasil ensinou os argentinos a ter medo", escreve o jornal, para quem a vitória da seleção foi uma apresentação de gala.

Financial Times Deutschland

A edição alemã do Financial Times também comentou a vitória brasileira. "Claro que, do ponto de vista alemão, seria bom ter visto a seleção de Klinsmann na final da Copa das Confederações. Mas, para fãs imparciais de futebol, ver a constelação brasileira contra a Argentina é uma delícia." Segundo o diário especializado em economia e finanças, o técnico Carlos Alberto Parreira "mobilizou o que ele tinha de melhor neste torneio: principalmente Kaká, Ronaldinho, Robinho e Adriano. Valeu a pena".

Leia mais