1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Importante prêmio para Nikolaus Harnoncourt

O regente austríaco especializado em música barroca recebe em Munique o Prêmio Ernst von Siemens, em reconhecimento a seu trabalho com a Música Antiga.

Nikolaus Harnoncourt é o contemplado deste ano com o Prêmio Ernst von Siemens, dotado com 150 mil euros e uma das mais conceituadas distinções no setor da música.

Com seu modelo de interpretação baseado num aprimorado estudo das fontes, conhecimento profundo das práticas de interpretação antigas e utilização de instrumentos históricos, o regente austríaco proporcionou a toda uma geração de apreciadores uma nova leitura das grandes obras do passado, justificou o júri sua escolha.

O prêmio é concedido desde 1974 pela Fundação Ernst von Siemens, de Munique, a compositores, intérpretes e musicólogos que tenham prestado uma contribuição extraordinária para a música no mundo.

Interpretação histórica

Nascido em Berlim em 1929, Harnoncourt cresceu em Graz, na Áustria, e estudou música em Viena. Até 1969, foi celista na Orquestra Sinfônica de Viena. Ao mesmo tempo, dedicou-se a estudos históricos da música e fundou já em 1953, juntamente com a esposa, Alice Hoffelner, o Concentus Musicus Wien, conjunto que se especializou na prática da interpretação histórica de composições renascentistas e barrocas.

Além de Johann Sebastian Bach, de quem gravou a obra completa, o maestro dedicou-se a Claudio Monteverdi e Wolfgang Amadeus Mozart. De uns tempos para cá, passou a ocupar-se também da música dos séculos 19 e 20.

Harnoncourt vê com preocupação as deficiências no ensino da música nas escolas. "Em minha opinião, o ser humano só se torna completo se a arte desempenha um papel em sua formação", declarou em entrevista ao diário Süddeutsche Zeitung, pleiteando que a música volte a ser incluída nos planos de ensino.

Links externos