1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

IGREJA CATÓLICA – NOVO DOCUMENTO DO VATICANO

Religião foi o tema central dos comentários de nossos leitores esta semana: o novo documento do Vaticano, a missa em latim, ciência e religião. Confira aqui!

default

Eu gostaria de sugerir para as pessoas do Vaticano lerem o Evangelho de João, especificamente no capítulo 14, verso 6. Nós somos a Igreja do Senhor na terra e Jesus o único caminho para levar a salvação eterna. Religião ou Igreja são invenções humanas baseadas em interesses. Na Bíblia Sagrada nós não encontramos nada que nos afirme que esta ou aquela religião ou Igreja seja melhor ou mais importante que outra. Vamos ler a Bíblia!
Nivaldo Rodrigues da Silva

Mediante a palavra de Cristo a Pedro "tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja (...)" Acredito que a Igreja Católica possui todos os elementos essenciais para a salvação do homem, a mesma possui os fundamentos essenciais para a sã doutrina de Cristo, em outras palavras, a verdade na sua integridade apostólica permanece na Igreja Católica.
Carlos Eduardo de Morais Filho

É lamentável que tendo tantos assuntos sérios para se discutir, o Vaticano venha com arrogância ofender os demais cristãos no mundo. É óbvio que o cristianismo, a Igreja não se refere a um só grupo, por maior que seja, por mais audacioso, por mais político que seja. Ontem foi com os muçulmanos, hoje com os demais cristãos e amanhã o que nos espera? Oremos pelos católicos de todo o mundo, principalmente pelos que habitam em Roma.
Walkimar Gomes

MISSA EM LATIM

Acho válido que os católicos também tenham opção pela celebração da missa em latim, contanto que seja uma opção, não uma obrigação. Cabe ressaltar que nas sinagogas os cultos são em hebraico e nas mesquitas em árabe. Por que não missas em Latim? Contato que se mantenha o respeito por outras religiões...
Marcus Scavone

Li o motu proprio Summorum pontificum na tradução portuguesa e italiana. Postura equilibrada, corajosa e generosa de Joseph Ratzinger. Gostaria de saber se o redator desta notícia leu cuidadosamente o artigo 2 do documento, em que o papa "excetua a celebração no rito de Trento-João XXIII no Triduo Sacro". Nós, daqui, captamos a sutileza do Papa.
Kaioby

CIÊNCIA E RELIGIÃO

Não concordo com a idéia de se ensinar ideologias religiosas nas escolas, pois não convém falar de coisas sacras com uma ligação tão fraca.Ciência se difere muito de religião, apesar de tentarem conciliá-las, a lógica não permite. A criação não pode ser provada cientificamente, até o momento. A ciência busca a verdade das coisas através de métodos os mais confiáveis possíveis. A fé é uma coisa muito relativa, flexível, imprecisa. A criação entra em conflito com a evolução em muitos pontos. A criação só poderia ser ensinada se vista como um mito, uma criação da mente humana para explicar a origem de algo, em um momento da história onde não havia a ciência.
Ânderson Damasceno de Paula

As pessoas acreditam que é possível ensinar o fenômeno religioso, independente do credo cristão. Basicamente, todos os credos ensinam o mesmo Deus, com as suas variantes e alguns com acréscimos em sua teosofia (o catolicismo com os ensinamentos sobre a mãe de Cristo, os santos, etc.). Mesmo que alguns setores da ciência queiram introduzir, ou melhor, fazer acreditar que o evolucionismo está fartamente fundamentado, ainda não chegou ao início, de como, de onde surgiu o habitante humano, o homem, se do nada ou fruto de uma espécie inferior. Como se diz aqui no Brasil, no "frigir dos ovos", algo ou alguém que dê o pontapé inicial!
Marcos Brod

GOOGLE

Não é preciso vasculhar as notícias recentes e direcionadas para a web para encontrar muitas aquisições feitas pelo Google. O apelido de "polvo" é realmente merecido e eles têm planos para áreas cada vez mais diferentes dos mecanismos de busca. Acho ainda que a Microsoft e o Yahoo terão que correr muito atrás para alcançar a hegemonia nas pesquisas e que o algoritmo do Google é hoje o segredo mais valioso da economia atual.
Rodrigo Sampaio

MINISTRO POLONÊS EXCLUI AUTORES CLÁSSICOSNão concordo com a proibição de literatura clássica. Deste modo, a verdade poderá também ser deixada de lado um dia. A instituição escolar deve educar de modo que a pessoa quando já adulta possa discernir entre o bem e o mal, direitos e deveres e, saber seus limites. Saber como estes autores clássicos pensavam também faz parte de uma boa formação cultural .
Marcus Geraldo de Drusina Voos