1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Hungria detém quinto suspeito por morte de migrantes em caminhão

Homem de origem búlgara pode ter ligação com tráfico de pessoas. Outros quatro envolvidos devem permanecer presos até o fim de setembro. Autópsia preliminar indica que as 71 vítimas morreram asfixiadas.

A polícia da Hungria prendeu neste domingo (30/08) um quinto suspeito de envolvimento na morte de 71 migrantes transportados dentro de um caminhão. O veículo abandonado foi encontrado na última quinta-feira na Áustria, no acostamento de uma estrada que liga o país a Budapeste.

De acordo com as autoridades, o homem de origem búlgara pode ter ligação com o tráfico humano. No sábado, foram presos outros quatro suspeitos – três búlgaros e um afegão. A Justiça húngara decidiu que eles devem permanecer detidos até ao menos o fim de setembro.

Peritos conseguiram realizar autópsia em 16 corpos. Eles concluíram, de forma preliminar, que os migrantes – a maioria da Síria e do Afeganistão – morreram sufocados.

Neste sábado, a polícia austríaca deteve por tráfico de pessoas um cidadão romeno que transportava 26 migrantes da Síria, Afeganistão e Bangladesh no interior de um caminhão.

Três crianças foram levadas às pressas ao hospital em grave estado de desidratação. O veículo foi interceptado na fronteira da Áustria com a Alemanha.

O tráfico de pessoas cresce na Hungria diante da tentativa de migrantes de chegar à Europa através dos Bálcãs. Neste domingo, a polícia húngara encontrou 41 pessoas transportadas ilegalmente num caminhão de inscrição romena.

KG/ap/afp/rtr

Leia mais