1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Hotel sobre trilhos

A promessa de conforto três estrelas em vagões restaurados leva turistas alemães e estrangeiros ao hotel sobre trilhos no vilarejo de Merzen, na Baixa Saxônia.

default

O hotel sobre trilhos é uma atração não só para os fãs de trens

O hotel Bahnhof Lechtrup-Merzen coloca à disposição de seus clientes 19 camas em vagões que foram inutilizados para transporte. E o hóspede não precisa abrir mão do conforto: "Somos o único hotel três estrelas sobre trilhos", afirma a administradora Kathrin Dückinghaus.

O hotel foi aberto no final de 2005. Muitos dos hóspedes procuram – em vão – o nome da estação de trem ( Bahnhof) Lechtrup-Merzen no catálogo da Deutsche Bahn, a companhia ferroviária alemã. A estação foi construída pela família Dückinghaus, que já há três gerações mantém também uma pousada em estilo tradicional, do outro lado da rua.

"A estação de verdade mais próxima fica a cerca de 20 quilômetros daqui e nós precisamos explicar isso a muitos clientes que desejam chegar diretamente ao hotel, de trem", diz Dückinghaus.

Os dormitórios dispõem de diversos tipos de comodidades: televisores de tela plana, telefone, banheiro e acesso wireless à internet. "Nossos hóspedes se sentem bem e se surpreendem sempre, de como se dorme bem aqui", assinala a administradora.

O ambiente é a alma do negócio

Eisenbahn Hotel in Merzen bei Osnabrück

'Os hóspedes sempre se surpreendem com como se dorme bem aqui'

O hotel faz de tudo para agradar os aficionados por trens. Os vagões estão estacionados sobre trilhos, e existe uma plataforma de verdade, coberta por um galpão de 50 metros de comprimento. O usual relógio da estação funciona sempre pontualmente e tampouco faltam cabines telefônicas ou bancos onde esperar o trem.

"Nosso objetivo é oferecer ao hóspede o verdadeiro ambiente de uma estação", diz Kathrin Dückinghaus, cujo pai, morto há cinco anos, concebeu a idéia do hotel sobre trilhos. Os vagões, ele encontrou em conjunto com os "amigos de locomotivas de Osnabrück", que também trabalharam na restauração. Inúmeros operários se ocuparam de fazer com que o vilarejo recebesse sua primeira estação ferroviária – mesmo que "de mentira".

A cerveja que vem de trem

O pernoite em um quarto duplo no hotel custa 75 euros, e as refeições são oferecidas na pousada, onde tudo gira igualmente em torno do tema "trens". A fachada da cozinha lembra um vagão pullman do Expresso do Oriente; as mesas do refeitório são equipadas com pequenos trilhos e as bebidas vêm servidas em modelos de trens. Até a cervejaria ao ar livre é abastecida com trenzinhos comandados por computador.

Muitos fãs de estações se apaixonam pelo hotel e ajudam a construir a aura singular do lugar. "Alguns hóspedes ficam tão entusiasmados que nos presenteiam cinzeiros e uniformes de maquinista. E o lugar parece ser um achado, não só para os adoradores de estações. "Nós hospedamos também alguns homens de negócios que viajam a trabalho e sentiam há algum tempo falta de um hotel na região. Eles também acham interessante dormir num vagão."

Leia mais