1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Homem que atacou delegacia em Paris morou como refugiado na Alemanha

Polícia alemã vasculha abrigo em Recklinghausen depois de receber informações das autoridades francesas. Homem morou como refugiado na Alemanha e usou quatro nomes e três nacionalidades.

default

Policiais nas proximidades da delegacia atacada em Paris

O homem que

atacou uma delegacia de polícia em Paris

morou num abrigo para refugiados da cidade alemã de Recklinghausen, afirmou neste sábado (09/01) a polícia do estado da Renânia do Norte-Vestfália.

A polícia vasculhou o abrigo neste sábado, depois de ter recebido informações de autoridades de segurança da França, sem encontrar indícios de algum possível ataque.

Nesta quinta-feira, o homem tentou invadir uma delegacia armado com um facão e usando um cinto de explosivos falso. Ele foi morto a tiros por policiais. Na revista do corpo foi encontrado um papel com um desenho da bandeira do "Estado Islâmico" e uma jura de lealdade ao líder do grupo terrorista. Ele também tinha consigo um celular com um chip alemão.

Segundo o jornal Welt am Sonntag, o homem foi registrado várias vezes na Alemanha, usando quatro nomes e nacionalidades diferentes, sendo uma hora marroquino, outra vez sírio e também georgiano.

O comportamento dele teria chamado a atenção da polícia alemã, afirmou o jornal. Ele teria, por exemplo, desenhado a bandeira do "Estado Islâmico" na parede do abrigo de refugiados em Recklinghausen.

No bilhete ele se identifica como tunisiano, e a imprensa francesa afirmou que essa pode ser sua nacionalidade verdadeira. A identidade dele ainda não foi confirmada pelas autoridades.

AS/dpa/afp

Leia mais