1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Hipismo alemão espera medalha de honra

A equipe alemã que conquistou e depois perdeu duas medalhas de ouro no CCE do hipismo ainda espera alguma forma de reconhecimento. FEI pode pedir "medalha de honra" ao Comitê Olímpico Internacional.

default

Alegria alemã durou pouco

"Isso poderia ser um gesto de fair play. Estamos averiguando a possibilidade de conceder ouro duplo", disse o secretário geral da Federação Eqüestre Internacional (FEI), Bo Helander, nesta segunda-feira (23/8), em Atenas. Para tanto, a FEI precisaria entrar com um requerimento junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

Depois da desclassificação alemã pela Corte de Arbitragem do Esporte (CAS), no sábado, o ouro no CCE (Concurso Completo de Equitação) ficou com a França; a prata foi para o time do Reino Unido. No individual, o britânico Leslie Law foi declarado vencedor. Um eventual "ouro de honra" para os alemães (Bettina Hoy, Hinrich Romeike, Frank Ostholt, Andreas Dibowski e Ingrid Klimke) não mudaria mais nada na decisão do CAS nem na distribuição das medalhas oficiais.

"Sentença salomônica"

A presidente da FEI, Dona Pilar de Borbon, encontrou-se já no domingo com o presidente do COI, Jacques Rogge, mas não revelou o teor da conversa. No mesmo dia, o ministro do Interior da Alemanha, em visita a Atenas, também tratou do assunto com Rogge e pediu uma "sentença salomônica" para o caso.

O COI concede as medalhas olímpicas com base na regra de que só conta a lista de resultados apresentada por uma associação internacional. A FEI apresentou, nesta segunda-feira (23/8), os resultados corrigidos para o CCE do hipismo, segundo os quais a França e Law são os vencedores. Em seguida, o COI recolheu as medalhas alemãs.

Precedente?

O caso de entrega de uma medalha dupla ocorreu na patinação artística no gelo, nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002 em Salt Lake City, quando as duplas canadenses e norte-americanas foram condecoradas com ouro, depois de um caso de suborno do júri, que inicialmente dera a vitória aos russos. Em Atenas, no entanto, já é definitivo que não haverá "ouro duplo" no hipismo.

Com ou sem "medalha de honra", o CEE do hipismo deverá entrar para a história como uma das provas mais conturbadas da Olimpíada de 2004. Os franceses, ingleses e norte-americanos contestaram a vitória alemã e, no tapetão, levaram a melhor.

Para impedir que uma confusão semelhante se repita, Helander anunciou mudanças nas regras. "Vamos aprimorar o artigo 163, que trata da separação entre fatos e interpretação. É necessário que as regras possam ser aplicadas, rapidamente, no momento decisivo, por leigos em termos jurídicos", disse. O secretário geral da FEI reiterou sua crítica à CAS: "Na minha opinião, os juízes preocuparam-se demais com os procedimentos. Na realidade, o que estava em jogo eram fatos e não a interpretação de regras", concluiu.

Leia mais