1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Hertha goleia Wolfsburg e já é quinto na tabela

Quarta rodada da Bundesliga é marcado por goleada do Bremen contra o Kaiserslautern. Bayern iguala recorde de 24 anos atrás e Hertha faz Wolfsburg engolir primeira derrota da temporada. Kahê tem boa atuação no Borussia

default

Marcelinho (d) passa fácil por Alex, do Wolfsburg

Borussia Dortmund 2 x 1 Colônia

Graças a Lars Ricken, o Borussia Dortmund finalmente conseguiu pôr um fim à longa espera por uma vitória nesta temporada do Campeonato Alemão. Com dois gols de Ricken, o Dortmund venceu o Colônia por 2 a 1 diante de um estádio lotado.

Borussia Dortmund vs. 1. FC Köln

Lars Ricken (d) comemora seu gol de pênalti com o colega Sebastian Kehl

Ricken marcou o primeiro gol do Dortmund através de um pênalti por falta aos 25 minutos do primeiro tempo. Ricken marcou o segundo gol de cabeça aos 27 minutos do segundo tempo. O gol de Matthias Scherz para o Colônia só saiu depois do tempo oficial.

Enquanto o Borussia Dortmund finalmente conseguiu se despedir do último terço da tabela, as coisas ficaram pretas para o Colônia após duas derrotas na temporada.

Hertha Berlim 3 x 0 Wolfsburg

O Hertha Berlim defendeu sua fortaleza – o Estádio Olímpico de Berlim –, jogando em casa, com um 3 a 0 contra o Wolfsburg. Quatro dias antes de sua estréia na Copa da Uefa contra o Apoel Nikosia, o time do brasileiro Marcelinho deu um salto para a quinta posição da tabela da Bundesliga.

Hertha BSC Berlin vs VfL Wolfsburg

Ellery Cairo (e), do Hertha, e Levan Tskitishvili, do Wolfsburg

O capitão Arne Friedrich abriu o placar aos 30 minutos do segundo tempo. Cinco minutos depois, Marko Pantelic marcou o segundo para os berlinenses e o brasileiro Gilberto ainda marcou um terceiro no segundo minuto dos descontos.

"Quem aqui achava que a gente podia bater o Wolfsburg já no primeiro tempo é um sonhador", disse o técnico do Hertha, Falko Götz, ainda achando palavras para reclamar. O Wolfsburg teve que se contentar com a primeira derrota da temporada.

Kaiserslautern 1 x 5 Werder Bremen

Com um festival de gols contra o Kaiserslautern, o Werder Bremen somou uma boa dose de autoconfiança para o jogo contra o Barcelona na próxima semana, pela Liga dos Campeões. Nesta temporada, o time continua invicto. Os dez pontos conquistados lhe garantem o segundo lugar na tabela do campeonato. Sua vantagem em relação ao Hamburgo, também com dez pontos, é o saldo de gols, ampliado neste sábado (11/09) no show contra o Kaiserslautern.

Halil Altintop, artilheiro da Bundesliga com sete gols, marcou para os "diabos vermelhos" e evitou desgraça semelhante à de dezembro de 1970, quando o clube sofreu a pior derrota de sua história: 5 a 0 para o Stuttgart.

O Werder foi superior durante toda a partida, mostrando competência para enfrentar o Barcelona, na próxima semana, pela Liga dos Campeões. O brasileiro Naldo esteve seguro na defesa e foi um dos melhores em campo, ao lado de Klose e Micoud.

Nürnberg 1 x 2 Bayern de Munique

O campeão alemão fez seu dever de casa e a vitória por 2 a 1 contra o Nürnberg no clássico da Baviera garantiu ao Bayern de Munique – mesmo sem o artilheiro Roy Makaay – 13 vitórias consecutivas na liderança do campeonato, igualando um recorde conquistado 24 anos atrás.

Ballack trifft wieder

Ballack celebra seu gol com o brasileiro Lúcio

O placar foi aberto após uma cobrança por Javier Horacio Pinola aos 19 minutos do primeiro tempo, com uma falha do goleiro Kahn. Uma série de chances de gol de ambos os lados garantiu o entretenimento dos 47 mil espectadores no estádio lotado. Os gols do Bayern foram marcados por Paolo Guerrero, servido pelo brasileiro Lúcio, em excelente atuação, e por Michael Ballack (de cabeça).

Bayer Leverkusen 1 x 1 Schalke

A três dias da estréia do Schalke contra o PSV Eindhoven na Liga dos Campeões, o vice-campeão alemão teria ganho o jogo se Kuranyi, Sand e Lincoln não tivessem desperdiçado suas chances.

O brasileiro Lincoln, que retornou ao Schalke após cumprir pena de afastamento por quatro semanas por ter cuspido num adversário, falhou na cobrança de um pênalti, segurado por Butt. Os gols, de Larsen e Berbatow, aconteceram apenas no segundo tempo.

Borussia Mönchengladbach 2 x 1 Duisburg

O Borussia, que já foi campeão alemão cinco vezes, parece sair da má fase e comemorou a primeira vitória da temporada. A grande estrela da equipe no jogo contra o Duisburg foi o português Zé Antonio, autor do gol que selou o placar, aos 20min do segundo tempo.

O primeiro gol do Borussia e, aliás, da partida, havia sido marcado cinco minutos após o apito inicial, por Neuville. Quatro minutos depois, Möhrle igualou para o Duisburg. Escalado desde o início do jogo, o brasileiro Kahê mostrou ótimo serviço ao assistir Neuville na marcação do gol. O serviço alemão de notícias esportivas SID o considerou o melhor em campo, ao lado de Jansen e Möhrle.

Mainz 1 x 3 Hamburgo

Nem o primeiro gol marcado na temporada ajudou o Mainz a sair da lanterna do campeonato. O Hamburgo, ainda invicto, marcou através de Wicky, Mahdavikia e Van der Vaart, enquanto Ruman descontou para o Mainz.

FSV Mainz 05 vs Hamburger SV

Egípcio Zidan (dir.), do Mainz, divide a bola com Guy Demel

O Hamburgo, que na próxima semana estréia na Copa da Uefa contra o Sevilha, jogou agressivo desde o início e por pouco já não havia marcado logo aos três minutos do primeiro tempo, num lance de Zidan, emprestado por um ano do Bremen.

Stuttgart 1 x 1 Bielefeld

O Stuttgart e seu técnico italiano, Giovanni Trapattoni, continuam esperando por uma vitória nesta temporada. Em 13º no campeonato, somaram apenas três pontos em quatro partidas.

Embora tenha jogado bastante ofensivo no primeiro tempo, o Stuttgart não conseguiu passar pela defesa bem posicionada do Arminia Bielefeld, que teve no brasileiro Márcio Borges uma de suas estrelas. Os gols vieram só no segundo tempo, nos pés de Tomasson, para o Stuttgart, e Roberto Pinto.

Hannover 2 x 0 Frankfurt

Depois de três empates, o Hannover comemora a primeira vitória da temporada, diante do Frankfurt, que subiu da Segunda Divisão. O forte calor marcou a partida, que não teve lances brilhantes de nenhum dos lados.

A vantagem do Hannover foi saber aproveitar melhor as chances e, assim, Stajner e Yankow conseguiram marcar os gols.

Leia mais