1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Hertha Berlim pede anulação de jogo que definiu vaga na Bundesliga

Centenas de torcedores do Fortuna Düsseldorf invadiram o campo dois minutos antes do apito final, o que agora pode custar ao clube a subida para a Primeira Divisão. Pelo resultado da partida, o Hertha estaria rebaixado.

O Hertha Berlim encaminhou nesta quarta-feira (16/05) uma reclamação oficial à Federação Alemã de Futebol (DFB), pedindo a anulação do resultado da partida de repescagem disputada entre o clube e o Fortuna Düsseldorf, na noite desta terça-feira em Düsseldorf e que terminou empatada em 2 a 2.

O resultado rebaixou o Hertha para a Segunda Divisão, já que o Fortuna ganhou o primeiro jogo por 2 a 1. Centenas de torcedores do Fortuna, que jogava em casa, invadiram o campo nos acréscimos, minutos antes do apito final.

"Após os incidentes, é claro que um jogo regular não era mais possível", argumentou o diretor esportivo do Hertha, Michael Preetz. "Os jogadores ficaram com medo. A obrigação do clube é encaminhar um protesto contra o resultado da partida", complementou.

Fußball 1. Bundesliga Relegation Fortuna Düsseldorf vs. Hertha BSC Berlin

Jogador tira do campo morteiros lançados por torcedores

Ministro critica tumultos

Os torcedores do Fortuna invadiram o campo faltando menos de dois minutos para o final da partida, acreditando que ela já havia terminado. Com a invasão, o jogo foi interrompido por 20 minutos pelo árbitro Wolfgang Stark, e os momentos finais somente foram jogados depois de policiais e agentes de segurança terem conseguido limpar o campo.

Agora, a Federação Alemã de Futebol tem até meia-noite desta sexta-feira para emitir uma decisão sobre o protesto do Hertha e a ascensão do Fortuna à Primeira Divisão da Bundesliga. A DFB já iniciou uma investigação sobre o incidente e afirmou que o tribunal desportivo da federação analisará o protesto na sexta-feira.

A DFB e a liga de futebol DFL condenaram os tumultos, que também incluíram torcedores do Hertha jogando morteiros para dentro do campo. As entidades prometeram sanções mais duras no futuro.

O ministro alemão do Interior, Hans-Peter Friedrich, ao qual está subordinado o setor esportivo, disse que os clubes devem agir para evitar que fatos semelhantes ocorram, por exemplo aumentando o controle nos estádios. O técnico da seleção alemã de futebol, Joachim Löw, disse ter ficado chocado com o que viu.

Chaos bei Relegationsspiel Fortuna Düsseldorf - Hertha BSC

Torcedores do Hertha Berlim acendem fogos nas arquibancadas

Jogo prosseguiu a pedido da polícia

A polícia de Düsseldorf confirmou que pediu ao árbitro da partida e ao Hertha que continuassem o jogo, mesmo depois da invasão, para evitar um aumento da violência. Segundo o advogado do Hertha, Christoph Schickhardt, o árbitro chamou a equipe de volta ao campo não por causa do futebol, mas por solicitação da polícia, para evitar uma escalada da violência, mencionando até mesmo um banho de sangue.

Tumultos de torcedores têm prejudicado uma série de jogos de futebol na Alemanha, indo desde invasão de campo ao lançamento de foguetes no gramado, além da violência fora dos estádios, incluindo ataques e ameaças a jogadores.

Na noite de segunda-feira, mais de 70 pessoas ficaram feridas e cerca de 100 foram detidas após violentos confrontos entre torcedores e policiais ao final do jogo de repescagem da Segunda Divisão, na cidade de Karlsruhe.

A DFB e DFL afirmaram em declaração conjunta que os últimos incidentes mostraram que "os atuais conceitos e medidas não são mais suficientes” e prometeram punições através da jurisdição desportiva da DFB.

MD/dpa/dadp
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais