1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Herói do sequestro de Paris receberá nacionalidade francesa

Imigrante do Mali que ajudou a salvar reféns de ataque a mercado judaico será reconhecido por sua coragem, diz ministro do Interior.

A França concederá a nacionalidade francesa ao imigrante malinês que ajudou reféns num supermercado judaico de Paris na semana passada, disse o ministro do Interior Bernard Cazeneuve nesta quinta-feira (15/01).

Lassana Bathily, que vive na França desde 2006, havia pedido a nacionalidade francesa em julho do ano passado. Cazeneuve disse que a cidadania lhe será concedida, numa cerimônia na próxima quinta-feira, devido a sua "coragem".

Bathily é um dos funcionários do mercado kosher e trabalhava no depósito da loja quando o

terrorista Amedy Coulibaly

entrou armado. Ele desligou rapidamente o congelador do estoque de alimentos, onde escondeu um grupo de funcionários, antes de escapar por uma saída de incêndio e se dirigir à polícia.

Inicialmente, ele foi confundido com o sequestrador, jogado ao chão e algemado. Após a constatação do engano, ele forneceu aos policiais a chave que eles precisariam para erguer as portas de ferro da loja e realizar a invasão ao local,

libertando 15 reféns e matando o sequestrador

. Quatro pessoas morreram – aparentemente baleadas por Coulibaly.

Nesta segunda-feira, o primeiro-ministro israelense,

Benjamin Netanyahu, homenageou Bathily

ao visitar a Grande Sinagoga de Paris, agradecendo-lhe por ajudar a salvar sete judeus.

LPF/afp/ap

Leia mais