1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Hamas detém golfinho e o acusa de espionar para Israel, afirma jornal

Animal estaria equipado com uma câmera e equipamento para lançar flechas que poderiam até matar uma pessoa. Nem o Hamas nem Israel comentam a história.

default

Este, com certeza, não é um espião – mas não foram divulgadas fotos do suspeito

Mergulhadores do grupo islamista Hamas teriam capturado um golfinho sob a suspeita de que ele estaria sendo utilizado como espião por Israel, afirmou o jornal Al-Kuds Al Arabi, que circula em Londres, nesta quarta-feira (19/08).

O animal teria chamado a atenção dos mergulhadores das Brigadas Al-Qassam, braço armado do Hamas, por seus "movimentos suspeitos" no Mar Mediterrâneo e estaria equipado com material de espionagem, incluindo uma câmera.

Segundo o jornal, o golfinho portava também um artefato capaz de disparar flechas que poderiam ferir ou até mesmo matar uma pessoa.

O Hamas não confirmou nem desmentiu a história, mas colocou o artigo do jornal londrino no seu site. Também não há fotos do golfinho nem evidências de que ele realmente exista. Um porta-voz das Forças Armadas israelenses se recusou a comentar as alegações.

Não é a primeira vez na região que animais são suspeitos de "trabalhar" para Israel, e as acusações costumam soar absurdas. Há cinco anos, o Egito acusou Israel de lançar tubarões em suas águas para que atacassem os turistas, com o intuito de prejudicar o turismo local. Em 2011, autoridades sauditas protestaram após capturar um urubu que teria recebido treinamento do Mossad, o serviço secreto israelense.

RC/efe/dpa/afp

Leia mais