1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Hackers ligados ao "Estado Islâmico" atacam rede de TV francesa

Grupo autointitulado Cibercalifado interrompeu a transmissão de 11 canais da TV5 Monde e invadiu suas redes sociais. Premiê Valls qualificou ataque de "insulto inaceitável à liberdade de informação e de expressão".

Hackers supostamente ligados à organização extremista

"Estado Islâmico" (EI)

iniciaram ataques à rede de televisão francesa TV5 Monde na noite desta quarta-feira (08/05), invadindo simultaneamente 11 canais e interrompendo brevemente as transmissões. O site e as redes sociais do grupo de mídia também foram atacados.

O diretor da TV5 Monde, Yves Bigot, disse que o ataque ainda continuava durante a manhã desta quinta-feira. Ele informou que a rede conseguiu restaurar os sinais, mas transmitia apenas programas previamente gravados.

O EI já havia assumido anteriormente a autoria de outros ataques cibernéticos de grande porte, mas a invasão à rede francesa parece ser um novo patamar de suas táticas de guerra de informação.

Bigot disse ter ficado em choque ao ver uma tela preta no lugar das transmissões. "Ao descobrirmos o teor das mensagens que apareciam em nossas mídias sociais e sites, entendemos o que estava acontecendo e ficamos, obviamente, preocupados."

A mensagem que aparecia no website da TV5 Monde tinha os dizeres "Eu sou o EI", juntamente com uma bandeira do grupo autointitulado Cibercalifado. Logo depois, foi substituída por outra que dizia apenas que a página estava em manutenção. Um grupo com o mesmo nome

invadiu em fevereiro o perfil da revista americana Newsweek

na rede social Twitter.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, comentou via Twitter que o ataque é um "insulto inaceitável à liberdade de informação e de expressão", e declarou seu apoio aos funcionários do grupo de mídia. Os ministros do Interior, Bernard Cazeneuve, e da Cultura, Fleur Pellerin, visitaram na quinta-feira a sede da TV.

A TV5 Monde se considera o "canal cultural da França no mundo" e transmite programas produzidos no país, assim como na Bélgica, Suíça e no Canadá, além de filmes, noticiários e outros programas. Segundo a página da empresa no Facebook, a TV5 monde alcança 257 milhões de lares em mais de 200 países e territórios.

De acordo com as autoridades, após os atentados terroristas em Paris, em janeiro, hackers atacaram em torno de 19 mil sites de internet franceses.

RC/afp/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados