1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Hackers atacam sites do governo alemão

Ciberataque derruba páginas oficiais da chanceler federal alemã Angela Merkel, do Bundestag e do Ministério do Exterior. Grupo ucraniano pro-Rússia reivindica ação e exige que Alemanha deixe de apoiar Kiev.

Sites oficiais do governo alemão foram derrubados, nesta quarta-feira (07/01), após um suposto ciberataque, confirmou o porta-voz do governo, Steffen Seibert. As páginas mais afetadas foram as do Bundestag (câmara baixa do Parlamento alemão), a da chanceler federal Angela Merkel e do Ministério da Relações Exteriores. As páginas têm informações gerais sobre o governo alemão e discursos e podcasts de Angela Merkel, utilizados sobretudo pela imprensa.

O grupo ucraniano CyberBerkut reivindicou a autoria do ataque exigindo que a Alemanha deixe de dar apoio político e financeiro ao governo da Ucrânia. A invasão ocorreu um dia antes do encontro do primeiro-ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk com o presidente alemão Joachim Gauck, em Berlim. "Yatsenyuk espera obter bilhões de euros em empréstimos da UE e do Fundo Monetário Internacional (FMI)", escreverem os hackers em seu site (foto abaixo).

"Yatsenyuk precisa de dinheiro para prolongar a guerra e não para restaurar a infraestrutura destruída em nosso país", afirmou o grupo. Por conta disto, o CyberBerkut exige que a Alemanha pare de apoiar "o regime criminoso" de Kiev.

"Berkut" é uma referência às tropas de choque utilizadas pelo ex-presidente ucraniano pró-Rússia Viktor Yanukovitch, deposto durante protestos violentos em fevereiro do ano passado. Não se sabe quem exatamente está por trás do CyberBerkut.

A alegação de autoria ainda não pôde ser verificada de forma independente. O Departamento de Segurança de Informações Técnicas da Alemanha (BSI) está analisando o incidente.

Screenshot cyber-berkut.org/

Hackers ucranianos do CyberBerkut reivindicaram a autoria do ataque virtual contra sites do governo alemão

PV/dpa/rtr/afp