1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Greve provoca caos no tráfego aéreo europeu

Controladores de vôo paralisam os trabalhos em protesto contra planos de reforma da Comissão Européia e obrigam companhias aéreas a cancelar centenas de partidas. França é o país mais afetado.

default

"Será que o meu vôo vai sair?", perguntam-se passageiros no Aeroporto de Frankfurt

Centenas de vôos precisaram ser cancelados nesta quarta-feira (19) em inúmeros países europeus, em conseqüência de uma greve dos controladores de vôo. Embora os profissionais alemães não participem do movimento, a Alemanha também foi afetada. Só a Lufthansa cancelou 130 vôos, principalmente com destino à França, mas também para a Espanha, Portugal, Itália, Hungria e Grécia.

Na França, onde um grande número de controladores de vôo atenderam ao apelo dos sindicatos, o tráfego aéreo foi praticamente paralisado. Menos de um décimo das operações previstas puderam ser realizadas.

O movimento de paralisação iniciado pela união dos sindicatos europeus dos controladores de vôo ATC dirige-se contra planos da Comissão Executiva da União Européia para criação de um espaço aéreo único sobre a Europa, o " single sky". Os sindicatos temem, em conseqüência da abolição das zonas aéreas nacionais, o corte de empregos e um processo de privatização do controle do tráfego aéreo, tal como já consumado na Alemanha, Suíça e Áustria.

As greves desta quarta-feira levaram ao cancelamento de um concerto de Elton John na cidade alemã de Riesa, na Saxônia, que foi adiado para o dia 26. O músico e sua banda simplesmente não conseguiram sair da França, onde se encontram, para chegar a tempo à Alemanha.

A situação deverá continuar precária na quinta-feira (20) em função de uma greve geral na Espanha, justamente na véspera da conferência de cúpula da UE em Sevilha.