1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Greve da Lufthansa provoca impacto maior do que o esperado

Companhia cancela 140 voos com passagem por Munique, 30 a mais do que os inicialmente anunciados. Mais de 15 mil passageiros devem ser afetados.

Logo após começar, a greve de pilotos da Lufthansa no aeroporto de Munique provocava na manhã desta quarta-feira (10/09) um impacto maior do que o previsto. Segundo uma porta-voz da companhia aérea alemã, 140 voos com passagem pela capital bávara foram cancelados, ao invés dos 110 inicialmente anunciados. A medida afeta mais de 15 mil passageiros e deve trazer prejuízos na casa dos milhões.

A paralisação teve início às 10h da manhã (hora local) e deverá se estender até as 18h. A Lufthansa informa que apenas os voos chegando a ou partindo de Munique foram cancelados. Os trechos de longa distância saindo da cidade devem ser mantidos.

Segundo a companhia, suas empresas subsidiárias como Swiss, Austrian e Germanwings também continuarão a operar normalmente. A Lufthansa acredita ainda que não serão sentidos grandes efeitos da greve no aeroporto de Frankfurt, o maior do país.

Para minimizar o impacto da paralisação, a Lufthansa elaborou um plano alternativo, redirecionando voos para outros terminais da companhia em cidades como Frankfurt, Zurique, Viena e Bruxelas. Passageiros cujos voos foram cancelados também teriam a possibilidade de remarcar ou estornar suas passagens sem nenhum custo adicional ou pegar trens dentro da Alemanha, afirmou a linha aérea. A Lufthansa disponibilizou ainda centenas de quartos de hotéis em Munique.

A paralisação desta quarta foi criticada pela direção da companhia, que a considera "extremamente irritante", sobretudo para os clientes da Lufthansa. A greve coincide com o período de retorno as aulas no estado da Baviera e é a segunda greve de pilotos em menos de uma semana, e a terceira em quinze dias. A anterior, realizada na última sexta-feira em Frankfurt, o terceiro maior aeroporto da Europa, provocou o cancelamento de 218 voos.

Por trás do conflito, está uma discussão sobre novas regras de aposentadoria antecipada que a Lufthansa quer implementar e que elevariam a idade mínima para 61 anos. Hoje, o afastamento é permitido aos 55.

IP/dpa/afp

Leia mais