1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Greenwald e Itamaraty negam que Snowden pediu asilo ao Brasil

Jornalista afirma que imprensa interpretou mal a carta aberta do ex-analista da NSA. Ministério das Relações Exteriores diz que Snowden não formalizou pedido de asilo.

O jornalista americano Glenn Greenwald negou que o ex-analista da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos Edward Snowden tenha pedido asilo político permanente no Brasil por meio de uma carta aberta ao povo brasileiro.

Em seu twitter, Greenwald escreveu nesta terça-feira (17/12): "1) Snowden não pediu asilo; 2) O governo brasileiro não está considerando porque não é uma requisição formal; 3) Imprensa norte-americana: Brasil rejeita asilo!!!".

O jornalista também acusou a imprensa de distorcer as informações contidas na carta divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. "Grande oportunidade para ver como os meios de comunicação podem distorcer as coisas", escreveu, publicando um link para a carta original em inglês na sua página no Facebook.

Glenn Greenwald und David Miranda Snowden Partner Spähaffaire NSA Prism

Miranda faz abaixo-assinado, Greenwald nega pedido

"Os meios de comunicação são incapazes de ler uma breve carta sem copiar manchetes falsas sobre ela?", completou Greenwald, cujas matérias deram início ao escândalo em torno da NSA.

Itamaraty nega solicitação de asilo

O Ministério das Relações Exteriores divulgou que não foi recebido um pedido formal de asilo por parte de Snowden e que o governo não considera a carta divulgada pela imprensa como uma solicitação.

O Itamaraty divulgou ainda que a campanha para recolher assinaturas em favor do asilo a Snowden, lançada na internet pelo brasileiro David Miranda, companheiro de Greenwald, não é vista pelo governo como um pedido de asilo, mas como um instrumento social em defesa da concessão de asilo.

O ministério lembrou que o asilo é um instrumento do direito humanitário para beneficiar vítimas de perseguição política e não pode ser concedido em troca de informações. Ainda segundo o Itamaraty, se o ex-analista fizer esse pedido, este será analisado com base nos elementos disponíveis e no direito internacional.

Snowden está na Rússia, que lhe concedeu asilo temporário de um ano, prazo que expira em meados de 2014.

CN/efe/abr

Leia mais