Grafite marca dois gols, amplia artilharia e Wolfsburg segue líder | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 20.04.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Grafite marca dois gols, amplia artilharia e Wolfsburg segue líder

Wolfsburg e Bayern de Munique vencem suas partidas e acirram disputa pelo título. Hamburgo e Hertha Berlim se mantêm na briga. Grafite amplia vantagem na liderança da artilharia.

default

Grafite marca o segundo gol na vitória do Wolfsburg, a décima consecutiva

Uma das mais emocionantes edições do Campeonato Alemão chega à sua fase decisiva. A seis rodadas do final, cinco equipes continuam com chances de conquistar o título: Wolfsburg, Bayern de Munique, Hamburgo, Hertha Berlim e Stuttgart. Todas venceram seus jogos neste final de semana, quando foi disputada a 28ª rodada.

O líder continua sendo o Wolfsburg, que com a ajuda do árbitro derrotou o Bayer Leverkusen por 2 a 1. O gol dos visitantes foi marcado por Toni Kroos. Os dois gols dos "lobos" foram feitos pelo brasileiro Grafite, que ampliou sua vantagem na artilharia do Campeonato Alemão para 22 gols, quatro a mais que os vice-artilheiros.

O Bayer Leverkusen reclamou muito da arbitragem, que assinalou um pênalti polêmico sobre Grafite (o qual deu origem ao primeiro gol) e não marcou um pênalti claro para o Leverkusen no final do jogo, quando o zagueiro Jan Simunek, do Wolfsburg, desviou a bola com a mão dentro da área.

Bundesliga Bayern gegen Bielefeld

Toni, Van Bommel, Altintop e Demichelis, do Bayern

Mas o Leverkusen também foi favorecido pelo árbitro, que não expulsou o goleiro René Adler após uma falta grosseira, fora da área, sobre Grafite. Pela regra, Adler, que era o último homem da defesa na jogada, deveria ter sido expulso.

Foi a décima vitória consecutiva do Wolfsburg, que igualou o recorde do Borussia Mönchengladbach na rodada 1986/87. Com a vitória, o Leverkusen chegou a 57 pontos, três à frente do vice-líder. No próximo domingo, a equipe vai a Cottbus enfrentar o Energie.

Bayern na cola

O vice-líder Bayern de Munique derrotou o Arminia Bielefeld fora de casa por 1 a 0 e se manteve na cola do Wolfsburg. O gol que trouxe alívio ao criticado técnico Jürgen Klinsmann saiu apenas no segundo tempo e foi marcado por Luca Toni.

Bundesliga Bremen gegen Berlin

Simunic (e), do Hertha, e Aaron Hunt, do Werder Bremen

Enquanto o técnico do Wolfsburg, Felix Magath, evita falar em título, Klinsmann adota uma postura bem diferente: "Queremos ser campeões alemães e seremos", voltou a afirmar o ex-técnico da seleção alemã.

Para chegar ao título, as duas equipes terão ainda de passar pelo Stuttgart, que no sábado derrotou o Colônia por 3 a 0. Os três gols de Mario Gomez, em Colônia, deixaram os suábios na quinta colocação, com 51 pontos. Após quatro vitórias consecutivas, o Stuttgart está de volta à briga pelo título.

Hamburgo e Hertha continuam na briga

Bundesliga Hamburg gegen Hannover

José Paolo Guerrero (e), do Hamburgo, e Christian Schulz, do Hannover

No domingo, Hamburgo e Hertha Berlim venceram seus compromissos e se mantiveram na disputa pelo título. O Hamburgo superou o Hannover por 2 a 1, com gols de Mladen Petric. Mikael Forssell, cobrando pênalti, descontou para os visitantes.

Em Berlim, o Hertha derrotou o Werder Bremen também pelo placar de 2 a 1. O primeiro gol foi marcado por Per Mertesacker para os visitantes, no final do primeiro tempo. O Hertha, que jogou sem o artilheiro Andrey Voronin, só virou a partida no final, com gols de Simunic e do brasileiro Raffael.

O Hamburgo assegurou a terceira colocação, com o mesmo número de pontos do Bayern de Munique (54). Já o Hertha Berlim, na quarta colocação, soma 52 pontos.

Autor: Alexandre Schossler

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais