1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Grécia x Japão: heróis da Eurocopa sob pressão

Quase um ano depois da conquista do título europeu, gregos lutam para continuar na Copa das Confederações e ainda não estão com a classificação garantida para a Copa 2006.

default

Duelo com o Japão preocupa técnico alemão da Grécia, Otto Rehhagel

Reviravolta ou fim do caminho? Trezentos e 50 dias depois de conquistar a Eurocopa 2004, a seleção da Grécia chega a uma encruzilhada, neste domingo (19/06). Se perder para o Japão, depois da derrota de 3 a 0 para o Brasil, praticamente estará eliminada da Copa das Confederações.

Prevê-se que, neste caso, começará uma discussão sobre um rejuvenescimento da equipe. E, ao contrário do que ocorre com o Japão, já classificado para o Mundial de 2006, a Grécia ainda está longe de garantir sua passagem para a Alemanha no próximo ano.

Apesar da lição que recebeu da seleção canarinho, o técnico da Grécia, o alemão Otto Rehhagel, ainda acredita na possibilidade de prosseguir na "Minicopa". "Sabemos que os japoneses estão em excelente forma, são mentalmente muito fortes, correm 120 minutos e que nos podem criar dificuldades. Mas vamos lutar e tentar vencer o jogo. Daí, na última partida contra o México, teremos todas as chances de chegar às semifinais", disse.

A meta do "rei Otto" – como é chamado o técnico na mídia alemã – é a reabilitação diante dos campeões asiáticos comandados por Zico. "A torcida merece um desempenho melhor de nossa parte, e isso nós vamos mostrar nos jogos contra o Japão e o México", promete o meia Amanatidis. Em Frankfurt são esperados 25 mil torcedores gregos neste domingo.

Só que Amanatidis, do Kaiserlautern, e o zagueiro Seitaridis (ambos contundidos) são justamente os principais desfaltes da equipe de Rehhagel. Além disso, o capitão Zagorakis, se jogar, não estará necessariamente descansado. O "melhor jogador da Eurocopa 2004" foi liberado neste sábado para disputar uma partida pelo Bologna contra o Parma, na repescagem do Campeonato Italiano.

2. Spieltag Confederations Cup 2005: Japan - Mexiko, das Ausgleichstor für Mexiko erzielt durch Naelson (alias Zinha)

Zico: 'problemas com bolas altas'

No duelo contra o Japão, Rehhagel aposta sobretudo nas cabeceadas do gigante Angelo Charisteas (1,91m). "Nós temos problemas com bolas altas, nisso precisamos melhorar", admite Zico, cujos zagueiros titurales têm respectivamente 1,76 e 1,76m de altura. Muito mais não se sabe sobre a situação da seleção japonesa antes do jogo, já que Zico vem evitando a imprensa na Copa das Confederações.

GRÉCIA x JAPÃO

Data: 19/06/2005

Local: Waldstadion em Frankfurt

Horário: 18h (13h de Brasília)

Árbitro: Herbert Fandel (Alemanha)

Grécia

Nikopolidis; Basinas, Fyssas, Goumas, Katsouranis, Tavlaridis; Giannakopoulos, Kafes, Karagounis; Charisteas, Papadopoulos

Técnico: Otto Rehhagel

Japão
Kawaguchi; Tanaka, Kaji, Miyamoto, Chano; Nakata, Nakamura, Santos, Fukunishi, Ogasawara; Yanagisawa

Técnico: Zico

Leia mais