1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Grécia vai pedir extensão da ajuda financeira europeia

Ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, diz que Atenas enviará uma carta ao presidente do Eurogrupo para pedir o prolongamento do empréstimo por seis meses, mas sem se comprometer com medidas de austeridade.

A Grécia vai requerer a

extensão do financiamento europeu

, ainda que sem se comprometer com as obrigações fiscais do plano de resgate, afirmou nesta quarta-feira (18/02) o ministro das Finanças do país, Yanis Varoufakis. Atenas deverá enviar uma carta ao presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, para pedir uma extensão de seis meses do acordo de financiamento.

"Devemos estender o programa de crédito por alguns meses, até termos estabilidade suficiente para podermos negociar um novo acordo entre a Grécia e a Europa", informou Varoufakis à emissora alemã ZDF.

As duas partes correm para fechar um acordo no intuito de evitar uma catastrófica saída da Grécia da zona do euro, após

as negociações em Bruxelas

na última segunda-feira terem fracassado.

A Grécia corre o risco de ficar cada vez mais isolada ao enfrentar os demais parceiros da zona do euro. O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, declarou nesta terça-feira que Atenas busca tirar algo do nada.

"Eles dizem 'precisamos de mais dinheiro imediatamente e não vamos fazer mais nada', o que é um insulto aos demais países", afirmou Schäuble, referindo-se a nações como Portugal e Irlanda, que concluíram os programas de resgate financeiro, apesar das medidas de austeridade.

"O governo da Grécia deve nos dizer como pretende resolver os problemas da Grécia", afirmou o ministro à rede de televisão alemã ARD.

As ações no mercado europeu subiram nesta quarta-feira, acompanhando os índices dos mercados da Itália e da Espanha, devido ao otimismo quanto à chegada de um acordo entre a Grécia e seus credores internacionais.

RC/rtr/afp/dpa

Leia mais