1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Grécia exige da Alemanha 279 bilhões de euros em indenizações

Atenas insiste que Berlim deve pagar pelos crimes cometidos na Segunda Guerra e ressarcir um empréstimo imposto pelos nazistas durante a ocupação do país. Governo alemão afirma que questão já foi resolvida.

O vice-ministro grego das Finanças, Dimitris Mardas, afirmou nesta segunda-feira (06/04) que a Alemanha deve a Atenas quase 278 bilhões de euros em reparações referentes à Segunda Guerra Mundial. O montante incluiria cerca de 10 bilhões de euros de um empréstimo tomado pelos nazistas durante a ocupação da Grécia.

"De acordo com nossos cálculos, a dívida referente às indenizações chega a 278,7 bilhões de euros, incluindo 10,3 bilhões do chamado 'empréstimo forçado'", afirmou Mardas a uma comissão parlamentar estabelecida pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, para analisar a dívida alemã.

A questão da indenização por crimes de guerra ganhou força nos últimos anos com o agravamento da crise financeira da Grécia e as medidas de austeridade impostas pela União Europeia (UE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), em troca da concessão da ajuda financeira ao país no valor de 240 bilhões de euros.

O ministro grego da Justiça chegou a afirmar no mês passado que poderia ativar uma decisão tomada há 15 anos pela Suprema Corte do país, que autoriza a apreensão de bens alemães na Grécia como forma de compensar atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra.

Governos anteriores, além de alguns cidadãos, vêm há décadas insistindo em indenizações por parte da Alemanha, mas até agora não havia sido especificado o valor das possíveis compensações. Atenas almeja também a devolução de tesouros arqueológicos que teriam sido roubados pelos nazistas.

Tsipras costuma culpar a Alemanha pela rigidez das medidas de austeridade impostas ao país, e gerou indignação em Berlim ao trazer à tona a questão das indenizações em meio às negociações sobre o pacote de ajuda à Grécia.

A Alemanha rejeita o pedido grego e afirma que já cumpriu com suas obrigações para com o país, lembrando que em 1960 realizou pagamentos a Atenas como parte de um acordo estabelecido com diversos governos europeus.

A chanceler federal alemã, Angela Merkel, afirmou em março que a questão das indenizações já foi sido resolvida "política e legalmente". Ela ressaltou que o país está ciente das "atrocidades cometidas" e que leva muito a sério a responsabilidade pelos crimes cometidos pelos nazistas.

RC/afp/rtr

Leia mais