1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Grécia entrega lista de reformas a credores

Comissão Europeia confirma recebimento de proposta grega dentro do prazo e diz que medidas são um "válido ponto de partida" para a extensão de quatro meses do programa de resgate financeiro à Grécia.

A Comissão Europeia confirmou nesta terça-feira (24/02) que a Grécia entregou uma lista com propostas de reforma no país, e ressaltou que as medidas sugeridas são um "ponto de partida válido" para que o órgão considere uma extensão de quatro meses do programa de ajuda financeira aos gregos.

A lista foi enviada para as instituições europeias e para o Fundo Monetário Internacional pouco antes de meia-noite, segundo uma fonte ligada à comissão. O prazo acertado para a entrega das propostas era esta segunda-feira, e as primeiras informações eram de que a Grécia teria

perdido o prazo

.

O compromisso com reformas é condição primordial para que Atenas possa estender seu crédito até o fim de junho, conforme estabeleceram os credores. A principal preocupação do governo grego é que o país fique sem dinheiro e tenha que deixar a zona do euro caso o pacote de resgate não seja renovado até o dia 28 de fevereiro.

"Do ponto de vista da comissão, esta lista é compreendida como um válido ponto de partida para uma conclusão positiva da análise", garantiu a fonte, em condição de anonimato.

Na segunda-feira, o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, havia declarado à imprensa alemã que Atenas está fazendo um "grande esforço" para entregar o que é necessário, ressaltando que à Grécia restou pouca margem de manobra. "Estas reformas precisam ser feitas. Temos poucas alternativas", declarou Timmermans em entrevista ao canal ARD.

Agora, a lista com as propostas será avaliada pelos credores gregos – Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional – para que os ministros europeus de Finanças possam estabelecer quais serão os próximos passos. O Eurogrupo deve realizar uma teleconferência mais tarde nesta terça-feira para discutir o tema.

Caso os ministros de Finanças deem sinal verde às reformas sugeridas, os 19 membros terão o resto da semana para formalizar a aprovação da extensão do resgate. Alguns países, como a Alemanha e a Finlândia, precisam da chancela de seus Parlamentos.

Segundo publicou o diário alemão Handelsblatt nesta terça-feira, o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble já abriu caminho no Parlamento para a votação da questão grega esta semana.

MSB/rtr/dpa

Leia mais