1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Grécia atrasa pagamento de dívida ao FMI

Governo pede para agrupar quatro parcelas que vencem neste mês numa só, a ser paga no dia 30 de junho. Atenas negocia com credores para conseguir desbloqueio de 7,2 bilhões de euros de pacote de resgate.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse nesta quinta-feira (04/06) que o governo em Atenas pediu para saldar as quatro parcelas de sua dívida que vencem neste mês num pagamento único, a ser feito no dia 30 de junho.

O FMI afirmou que, segundo uma decisão do fim da década de 1970, seus países-membros podem pedir para agrupar pagamentos para lidar com a dificuldade administrativa de fazer vários pagamentos num curto período.

A Grécia deveria pagar pouco mais de 300 milhões de euros ao FMI nesta sexta-feira, os quais, ao lado dos outros pagamentos previstos para este mês, devem somar 1,6 bilhão de euros. Mais cedo nesta quinta-feira, a chefe do FMI, Christine Lagarde, ainda disse estar confiante de que a Grécia honraria a dívida desta semana.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, afirmou que colocará o Parlamento a par do estágio atual das negociações com os credores internacionais – FMI, Banco Central Europeu e Comissão Europeia – nesta sexta-feira.

Há meses, Atenas e credores vêm tentando chegar a um acordo sobre reformas a serem implementadas pela Grécia em troca do desbloqueio de mais 7,2 bilhões de euros do pacote de resgate de 240 bilhões de euros, essencial para manter o país solvente.

Ao final de quatro horas de reunião com os credores em Bruxelas nesta quarta-feira, o premiê disse acreditar que haverá progressos nos próximos dias. Em comunicado, a Comissão Europeia disse que essa foi "uma reunião construtiva".

LPF/afp/dpa/rtr/ap

Leia mais