1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Grécia apresenta propostas a Eurogrupo

Atenas cumpre segunda etapa para obter programa de resgate. Detalhes sobre planos gregos não são divulgados. Viabilidade das propostas será analisada pela UE, Banco Central Europeu e FMI.

Poucas horas antes do fim do prazo estipulado pela União Europeia (UE), a Grécia apresentou ao Eurogrupo nesta quinta-feira (09/07) propostas de reformas, cumprindo assim o segundo passo para tentar receber um terceiro pacote de resgate, que pode evitar a saída do país da zona do euro.

O porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, confirmou, via Twitter, o recebimento do plano grego. Michel Reijns declarou ainda que comentários adicionais não serão feitos até que as instituições - Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional (FMI) - terminem a avaliação do documento.

A análise deve começar na sexta-feira de manhã. Um parecer será submetido no sábado aos ministros de Finanças da zona do euro, antes da reunião do grupo que aprovará ou não o plano apresentado. No domingo, a

cúpula extraordinária

do Conselho Europeu irá decidir sobre o futuro da Grécia.

De acordo com as agências de notícias DPA e Reuters, o governo grego teria se comprometido a aumentar o Imposto sobre Valor Agregado (IVA) no setor hoteleiro e de gastronomia, além de acabar com a aposentadoria precoce e reduzir o orçamento da Defesa.

Na quarta-feira, o primeiro-ministro Alexis Tsipras enviou um

novo pedido

ao Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE). O governo grego solicita uma ajuda de três anos, sem especificar o valor, para solucionar a crise no país. Em troca, Atenas se compromete a implementar medidas para garantir a sustentabilidade fiscal, o equilíbrio financeiro e o crescimento econômico.

A situação financeira da Grécia é precária. Na semana passada, o FMI estimou que o país necessita até 2018 de um empréstimo de 50 bilhões de euros, acompanhado de um corte na sua dívida.

Enquanto a aprovação de um novo pacote de resgate e a permanência do país na zona do euro são incertezas, os bancos continuam fechados na Grécia, pelo menos, até segunda-feira, e, o limite de saque diário de 60 euros continua em vigor.

CN/dpa/rtr/afp/lusa

Leia mais