Governo suspende 1,1 milhão de benefícios do Bolsa Família | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 07.11.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Governo suspende 1,1 milhão de benefícios do Bolsa Família

Cancelamentos de 469 mil benefícios e bloqueios de outros 654 mil foram determinados após pente-fino, que encontrou irregularidades. Programa é destinado a famílias que possuem renda mensal per capita de até 170 reais.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário anunciou nesta segunda-feira (07/11) que encontrou irregularidades em 1,1 milhão de benefícios do Bolsa Família. Esse é o resultado de um pente-fino iniciado em junho que constatou nos casos irregulares uma renda familiar superior à requisitada pelo programa.

Desta maneira, o ministério determinou o cancelamento de 469 mil benefícios e o bloqueio de outros 654 mil. Nestes casos, os beneficiários têm três meses para comprovar que cumprem os requisitos para desbloquear o auxílio. A pasta convocou ainda 1,4 milhão de famílias para atualizar o cadastro em janeiro do próximo ano.

O Bolsa Família é voltado a famílias que possuem renda mensal per capita de até 170 reais.O valor do benefício varia entre R$ 35 e R$ 336. Em contrapartida, os beneficiários têm que manter os filhos na escola e a vacinação em dia. O auxílio financeiro é concedido atualmente a cerca de 13,9 milhões de famílias. As irregularidades encontradas pelo pente-fino correspondente a quase 8% do total de benefícios pagos.

O cancelamento foi determinado para famílias que possuem renda per capita mensal superior a 440 reais. Já o benefício foi bloqueado para famílias com renda per capita entre 170 reais e 440 reais. A chamada para a atualização cadastral ocorre para casos que se enquadram nos requisitos do programa, mas apresentam inconsistências.

O governo estima que deixará de pagar 1 bilhão de reais com os cancelamentos, que começam a valer em novembro. Caso as irregularidades dos bloqueios sejam confirmadas, a economia com estes benefícios será de 1,4 bilhão de reais.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário anunciou ainda que o pente-fino no Bolsa Família será mensal. "O objetivo é separar o joio do trigo. Quem precisa, terá acesso ao programa", disse o ministro Osmar Terra.

CN/abr/ots

Leia mais