1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Governo alemão libera ajuda para Indonésia

Enquanto continua a busca de vítimas do terremoto na ilha de Java, comunidade internacional envia ajuda à região. Número de mortos ultrapassa quatro mil. Mais de 200 mil estão desabrigados.

default

Sobrevivente do terremoto em Bantul, cidade destruída pelo tremor

Em meio à luta pelo resgate de sobreviventes na ilha de Java, o governo da Indonésia fez neste domingo (28/05) um pedido de ajuda à comunidade internacional depois do violento terremoto ocorrido no sábado. O tremor de 6,2 graus na escala Richter deixou um saldo de mais de quatro mil mortos, dezenas de milhares de feridos e mais de 200 mil desabrigados.

Parte da ajuda internacional já está a caminho. Em Berlim, o Ministério das Relações Exteriores liberou 500 mil euros para organizações de ajuda que cooperam com entidades assistenciais na Indonésia.

O governo britânico repassou à ONU 4,4 milhões de euros de auxílio imediato às vítimas do terremoto. A União Européia enviou três milhões de euros, e os EUA, meio milhão de dólares à região atingida pela catástrofe.

Escassez de água possível

Erdbeben in Indonesien, Java

Soldados ajudam no resgate

Os recursos liberados pelo governo alemão destinam-se ao financiamento de projetos como a instalação de uma estação de tratamento de água potável, capaz de abastecer 200 mil pessoas. A Cruz Vermelha alemã irá transferir o equipamento de Sumatra para a região atingida pelo tremor de sábado.

Além da escassez de água potável, um dos principais problemas é a falta de recursos para o atendimento médico de emergência. Um funcionário da Diakonie (entidade ligada à Igreja Luterana alemã) disse que milhares de pessoas tiveram de ser levadas aos quatro maiores hospitais de Yogyakarta, a cerca de 40 km do epicentro do terremoto, onde os pacientes seriam atendidos nos corredores e até ao ar livre.

Campanha de doações

A organização assistencial alemã Johanniter anunciou que oferecerá ajuda em forma de medicamentos básicos e material sanitário. Com os pacotes de emergência poderão ser atendidas cerca de 30 mil pessoas durante três meses.

Várias outras organizações filantrópicas alemãs e de outros países iniciaram campanhas de doações. A Cruz Vermelha Internacional fez um apelo à generosidade e espera reunir pelo menos 7,7 milhões de euros para ajudar as vítimas da catástrofe.

O tremor de sábado (27/05) foi o terceiro grande desastre sofrido pela Indonésia nos últimos 18 meses, depois do tsunami de 26 de dezembro de 2004, que matou 168 mil pessoas no país, e de outro terremoto, em março de 2005, que provocou a morte de 600 pessoas.

Leia mais