1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Governo alemão alerta sobre ataques terroristas na Turquia

Ministério do Exterior adverte turistas, citando "instabilidade" e indícios de possíveis atentados em estações de metrô e paradas de ônibus em Istambul. Ofensiva turca contra jihadistas e curdos aumenta tensão no país.

O governo federal da Alemanha advertiu nesta quarta-feira (29/07) que ataques terroristas podem ocorrer na Turquia, especialmente na metrópole Istambul. O Ministério do Exterior alemão, que já havia alertado sobre atentados nesta segunda-feira, reiterou as advertências a quem viaja à Turquia.

"Há indícios de possíveis ataques em estações de metrô e paradas de ônibus em Istambul", diz um comunicado divulgado na página do ministério nesta quarta-feira. Em outras províncias turcas, como Hatay, Kilies e Gaziantep, o risco para turistas também é levado, segundo as autoridades.

A vice-porta-voz do governo federal, Christiane Wirtz, mencionou "certa instabilidade" e o risco de que possa ocorrer uma escalada nas tensões na Turquia. O motivo é a ofensiva do Exército turco contra radicais islâmicos do "Estado Islâmico" (EI) e alvos relacionados ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). Ambas as organizações anunciaram retaliação.

O governo alemão pediu novamente que Ancara continue com o processo de reconciliação com os curdos e o PKK. Nesta terça-feira, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que "

não é possível continuar o processo de paz

com aqueles que pretendem atingir a nossa unidade e fraternidade nacional".

Segundo o Ministério do Turismo turco, o número de visitantes estrangeiros no primeiro semestre de 2015 caiu 2,25%, somando 14,89 milhões de turistas. Além da Alemanha, outros países, como Estados Unidos e Reino Unido, advertiram para viagens à Turquia nos últimos dias, desde o início da ofensiva militar turca contra o EI e os curdos.

PV/rtr/dpa

Leia mais