1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Governo alemão adota celular com criptografia

Alemanha quer se proteger de grampos usando aparelhos capazes de criptografar dados transmitidos. Cerca de três mil smartphones com essa função foram distribuídos a membros da administração federal.

default

Merkel usa um celular com criptografia durante a feira Cebit, em Hannover, em 2013

O governo alemão quer se proteger contra grampos através da utilização de celulares capazes de criptografar os dados da comunicação. Cerca de três mil smartphones com essa função foram distribuídos a funcionários da administração federal, e esse número deverá ser ampliado, afirmou nesta segunda-feira (28/07) um porta-voz do Ministério do Interior da Alemanha.

Atualmente, a relação entre EUA e Alemanha está abalada devido a casos de espionagem dentro de setores do governo envolvendo os serviços secretos americanos. Além disso, as revelações de que o celular da chanceler federal alemã, Angela Merkel, e de seu antecessor, Gerhard Schröder, teriam sido grampeados pela Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA provocaram indignação.

O Ministério do Interior inicialmente não confirmou notícia do jornal Bild, de que 20 mil celulares com criptografia seriam comprados pelo governo. Segundo o porta-voz, a maioria dos celulares é da marca Blackberry, da empresa canadense Research in Motion.

Os aparelhos, que custam cerca de 2 mil euros cada, garantem, segundo o tabloide, uma transmissão segura de dados. Especialistas, porém, divergem se os celulares oferecem uma proteção realmente eficaz ou se apenas atendem a níveis básicos de segurança.

MD/afp/dw

Leia mais