1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Golpes no crânio causaram a morte de Ricardo 3°

"Meu reino por um cavalo!", grita o monarca antes de morrer, na peça de Shakespeare. Pesquisadores confirmam que o rei estava mesmo a pé antes do ataque fatal.

Quase dois anos após a descoberta do esqueleto do rei Ricardo 3°, num estacionamento na cidade de Leicester, na Inglaterra, pesquisadores identificaram a causa da morte do monarca, que viveu entre 1452 e 1485. Dois ferimentos na cabeça e um no quadril foram fatais para Ricardo 3°. O rei estava sem capacete e morreu durante a batalha de Bosworth, no dia 22 de agosto de 1485.

Cada um dos três ferimentos é grave o suficiente para matar uma pessoa rapidamente, afirmou o estudo publicado nesta quarta-feira (17/09) na revista especializada The Lancet. A análise forense do esqueleto real foi feita por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Leicester. "As lesões de Ricardo retratam uma agressão longa ou um ataque de várias pessoas com armas do final da Idade Média", disse a pesquisador Sarah Hainsworth.

Schädel von König Richard III

Pesquisadores identificaram 11 ferimentos no esqueleto de Ricardo 3°, nove deles na cabeça

Os pesquisadores descobriram no esqueleto do monarca, por meio de técnicas como tomografia computadorizada e raio-x, 11 ferimentos, nove deles na cabeça. Como não foram encontradas lesões nos braços, acredita-se que Ricardo 3° usava uma armadura. Dessa maneira, os pesquisadores deduziram que o capacete do rei foi retirado ou havia sido perdido durante a luta.

Golpes na cabeça

As duas lesões que provavelmente causaram a morte foram provocadas na base do crânio, disse o legista Guy Rutty. Ele acrescentou que os inimigos do rei o atingiram na cabeça com espadas, adagas e alabardas.

O estudo afirma que o ferimento grave no quadril deve ter sido provocado depois da morte, pois ele estaria protegido com o modelo de armadura existente na época. Pelas lesões na cabeça, os médicos acreditam que Ricardo 3° estava de joelhos e com a cabeça inclinada. "Isso confirma os relatos de batalha que diziam que Ricardo 3° havia desistido do seu cavalo porque ele havia ficado preso na lama", reforçou Rutty.

Após a morte, para humilhar o rei, seus inimigos colocaram seu corpo despido em um cavalo e o levaram para Leicester. Historiadores acreditam que o rei foi enterrado numa igreja franciscana, destruída no século 16. O esqueleto foi encontrado num estacionamento, construído no local onde estava o altar-mor da igreja.

Imortalizado na obra de Shakespeare

England Leicester Grab von Richard III.entdeckt

Ossos foram encontrados em estacionamento de Leicester

Ricardo 3° governou a Inglaterra entre 1483 e 1485 e foi o último rei inglês a morrer em um campo de batalha. Sua morte foi decisiva para o fim da Guerra das Rosas, pelo trono inglês, que já durava 30 anos e marcou a derrubada da dinastia York, à qual rei pertencia. Após o episódio, o trono passou para as mãos dos Tudor.

O monarca foi imortalizado na peça homônima de William Shakespeare, que o descreveu como um soberano cruel e louco por poder, uma imagem que os historiadores desejam corrigir. Ao contrário da representação feita pelo dramaturgo inglês, por exemplo, estudos já revelaram que Ricardo 3° não tinha uma corcunda.

Os restos mortais de Ricardo 3° devem ser enterrados na Catedral de Leicester em março de 2015. A cerimônia marcará o fim de uma série de eventos sobre o jovem monarca.

CN/dpa/afp/rtr

Leia mais