Goleiro Neuer brilha em derrota do Schalke para o Manchester United | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 27.04.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Goleiro Neuer brilha em derrota do Schalke para o Manchester United

Apresentação de gala deverá elevar ainda mais o valor de mercado do goleiro do Schalke e da seleção alemã. Bayern de Munique confirma interesse, e o próprio Manchester estaria na disputa.

Neuer defendeu vários chutes do ataque britânico no primeiro tempo

Neuer defendeu vários chutes do ataque britânico

O Schalke foi derrotado por 2 a 0 pelo Manchester United, mas quem brilhou na noite desta terça-feira (26/04) em Gelsenkirchen foi o goleiro da equipe alemã, Manuel Neuer. Sem ele, afirma a imprensa especializada, o resultado teria sido bem mais elástico.

Até mesmo o técnico adversário, Sir Alex Ferguson, elogiou a apresentação do goleiro. "Manuel Neuer é inacreditável. Essa foi provavelmente a melhor performance que eu já vi de um goleiro num jogo contra a minha equipe", declarou Ferguson após o jogo, o primeiro do mata-mata entre Schalke e Manchester United pelas semifinais da Liga dos Campeões.

A imprensa alemã especula sobre uma possível transferência de Neuer para o Manchester United, mas Ferguson desconversou: "acho que ele irá para outro clube". Neuer declarou na semana passada que não pretende renovar seu contrato com o Schalke.

Jogadores do Manchester celebram gol de Ryan Giggs, o primeiro da partida

Jogadores do Manchester celebram gol de Ryan Giggs, o primeiro da partida

Transferência deve ficar mais cara

Quem não esconde o interesse pelo jogador é o Bayern de Munique. Porém é possível que o valor da transação suba ainda mais depois da apresentação de gala desta terça-feira.

O Schalke também não está disposto a deixar Neuer sair assim tão fácil. "Acho que temos o melhor goleiro. Por que deveríamos deixar esse jogador sair?", questionou o diretor esportivo Horst Heldt. "Temos um contrato. O resto são especulações de outros clubes e desejos de outras pessoas."

Mas indiretamente Heldt reconhece que será difícil manter o goleiro, que também defende a seleção alemã. "Eu conheço os mecanismos desse negócio. Se alguém oferecer 100 milhões, você não pode exigir de mim que eu diga que o Neuer é inegociável."

Tanto assim o Bayern de Munique não deverá oferecer. Depois da partida desta terça-feira, o presidente do clube bávaro, Uli Hoeness, reiterou o interesse do clube, mas disse que a contratação não será feita a qualquer preço.

"Queremos o Manuel. E onde há uma vontade, há também um caminho. Mas o Schalke não deve agora pedir um valor estratosférico", declarou o cartola ao jornal tz, de Munique. A imprensa especula que o Schalke quer 25 milhões de euros para deixar Neuer sair antes do final do contrato, que vence só em 2012.

Elogios na mídia

A imprensa europeia cobriu a performance de Neuer de elogios. Segundo o Daily Telegraph, somente um jogador da equipe alemã se destacou: "Manuel Neuer evitou um resultado de partida de tênis", escreveu o diário.

Para o Daily Mail, Neuer foi a estrela da noite. "Manuel Neuer deveria ser a primeira opção de Alex Ferguson. Houve uma boa e uma má notícia na Veltins Arena [estádio do Schalke]. A boa: o Manchester United estará na final em Wembley. A má: Neuer vai para Munique", afirmou o jornal.

O francês L'Équipe também elogiou Neuer e criticou o Schalke. "Um contra onze – Manuel Neuer contra o Manchester United: isso não poderia continuar assim até o final. Mas ainda assim a história durou 67 minutos. Sem Neuer, que jogou um primeiro tempo fantástico, o Schalke 04 poderia ao final da partida se chamar Schalke 0:6. Poucas vezes se viu uma semifinal em que diferença de nível entre as equipes foi tão grande", sentenciou o L'Équipe.

O Manchester venceu o primeiro jogo do mata-mata com gols de Ryan Gibbs e Wayne Rooney, ambos marcados no segundo tempo. A partida de volta entre as duas equipes será disputada na próxima quarta-feira no estádio Old Trafford.

AS/sid/dpa
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais